Autorresponsabilidade: você sabe como cuidar de si mesmo?

Por blogicatu

Já ouviu algum amigo falar que a vida não está indo para frente por falta de sorte? Essa é uma atitude bastante comum em algumas pessoas: a de colocar a culpa de algo que acontece consigo em qualquer outra coisa.

É bastante difícil assumirmos a culpa, ou melhor, a responsabilidade por aquilo que acontece ou não acontece conosco. E, nesses casos, o que está faltando é a autorresponsabilidade.

Quer realmente promover mudanças positivas na sua vida? Então, acompanhe o artigo para saiba mais sobre autorresponsabilidade e como ela pode te ajudar.

A importância da autorresponsabilidade

A autorresponsabilidade é a capacidade que temos de atribuir a nós mesmos o compromisso sobre coisas que acontecem ou não em nossas vidas. Ela sim deve ser cultivada, ao contrário da culpa.

Ser autorresponsável é estar consciente de que as coisas que acontecem na sua vida, boas ou ruins, são consequências dos seus próprios atos. Por exemplo, compreender que você esqueceu um compromisso porque não o anotou na agenda e não porque as pessoas te deram tarefas demais para fazer.

A autorresponsabilidade pode e precisa ser desenvolvida, mas é claro que isso exige treino e dedicação.

Como desenvolver a autorresponsabilidade?

Abaixo, listamos o que você pode fazer para desenvolver responsabilidade por você mesmo. Leia atentamente e descubra no que você pode melhorar!

Avalie o seu comportamento

Que tal parar um pouco e fazer uma análise sobre como você tem agido diante das situações? Será que está transferindo a culpa? Quantas vezes você já culpou o seu colega de trabalho por algo que era sua responsabilidade e, ainda que não fosse, algo que você poderia ter feito?

Avaliar o próprio comportamento é uma excelente estratégia para desenvolver a autorresponsabilidade.

Mude os seus hábitos

Que tal começar a colocar a mão na massa e procurar ter mais autorresponsabilidade? Já avaliou o seu comportamento e conseguiu identificar quais hábitos precisam ser mudados? Então, comece o quanto antes.

Analise os resultados

Fazer uma análise dos resultados das suas ações é muito importante, afinal de contas, é por meio deles que você terá uma ideia sobre o que está ou não sob o seu controle. Por exemplo, você quer trocar ou comprar um carro. Nesse caso, existem duas variáveis: uma que está sob o seu controle e outra que não está.

A que está é a sua organização financeira. Você criou metas? Está guardando dinheiro todos os meses? Onde decidiu investir para fazer esse capital crescer? E a variável que não está sob o seu controle são os juros.

A economia e o governo é que vão decidir isso e cabe a você se atualizar sobre esse rendimento, mudando o seu capital para outro investimento quando o atual não valer mais a pena.

Dessa forma, analise os resultados das suas ações e o que você pode ou não fazer em determinado momento da sua vida. Isso é ter autorresponsabilidade!

Tenha autoconhecimento

Quanto mais nos conhecemos, mais sabemos como lidar melhor com os problemas do dia a dia e, assim, temos responsabilidade pelas nossas ações diante de períodos difíceis.

É importante refletir que, muitas vezes, a culpa de algumas coisas podem não ter sido suas. Dessa forma, entender qual é o seu limite diante das situações da vida pode evitar muitas coisas, e isso também é ter autorresponsabilidade.

Tenha um plano

Desenvolver autorresponsabilidade pode colaborar com a sua vida e com a relação com as pessoas que você ama.

Se planejar para promover mudanças é uma maneira de desenvolver a autorresponsabilidade. Além disso, pensar no seu futuro e em como as coisas serão quando você for mais velho, por exemplo, também é uma forma de ser responsável por você mesmo.

Fazer exercícios físicos, cuidar da sua alimentação, da sua saúde mental, da sua relação com as pessoas e da sua vida financeira são maneiras de adquirir autorresponsabilidade, já que você está cuidando de si mesmo de diversas formas.

Você já parou para pensar como será no futuro? Já planejou sua vida para daqui 30 anos? Ter autorresponsabilidade é pensar que, muitas vezes, precisamos fazer coisas no presente que serão benéficas no futuro.

Já refletiu o quão importante será uma previdência complementar para você nos dias que estão por vir? Ou o quão importante será uma boa saúde?

Cuidar de você mesmo e das coisas mais importantes da sua vida é fundamental, para isso, desenvolva cada vez mais a sua autorresponsabilidade. Lembre-se, ainda, que o planejamento é essencial. Planeje sua vida e o seu futuro, assim, você estará cada vez a par consigo mesmo.

Quer mais dicas que vão melhorar o seu dia a dia e te ajudar a criar autorresponsabilidade? Então, leia também sobre como o planejamento financeiro podem ajudar você nos relacionamentos em geral!

Publicado por blogicatu

Deixe seu comentário