“Vamos perceber uma desaceleração na alta dos preços” diz Victoria Werneck - Blog Icatu Seguros

“Vamos perceber uma desaceleração na alta dos preços” diz Victoria Werneck

“Vamos perceber uma desaceleração na alta dos preços” diz Victoria Werneck

Por blogicatu

No primeiro Panorama Econômico do ano, Victoria Werneck, nossa economista-chefe, falou sobre PIB, inflação, taxa Selic e outros indicadores importantes para você planejar sua vida financeira em 2022. Leia agora.

Em 2022, como proteger o seu dinheiro?
No primeiro Panorama Econômico de 2022, Talita Raupp, nossa gestora de produtos, bateu um papo com a economista-chefe da Icatu, Victoria Werneck.

A ideia foi fazer um balanço dos acontecimentos no Brasil e no mundo e falar sobre as perspectivas econômicas de um ano novo pautado por eleições presidenciais, possível subida dos juros nos Estados Unidos e o prolongamento da queda de braço entre o nosso Banco Central e a inflação.

Veja um resumo abaixo dos principais temas abordados no encontro online transmitido ao vivo pelo nosso canal no YouTube, no dia 03 de fevereiro.

Pandemia
No Brasil, o comportamento da variante Ômicron tem sido semelhante ao de outros países: embora o número de novos casos diários tenha aumentado muito, o número de mortes não vem acompanhando a curva de contaminados. Na live, Victoria mostrou um gráfico da África do Sul, primeiro país a relatar a existência da nova variante. Se mantida a tendência, o que podemos esperar no Brasil é uma queda rápida no número de casos em breve.

Eleições presidenciais
Pelo menos por enquanto, a possibilidade de que a polarização entre os candidatos Bolsonaro e Lula possa abrir caminho para o avanço de uma terceira via com chances de vitória na disputa presidencial continua sendo apenas mais uma promessa.

Desemprego
Em novembro do ano passado, o número de desempregados estimados pelo IBGE era de 12,4 milhões de pessoas. Em 2021, o Brasil criou 2,73 milhões de vagas com carteira assinada, em comparação à perda de 191,5 mil vagas em 2020, primeiro ano da pandemia, segundo o Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados). “Os dados de desemprego vêm melhorando bastante, mas ainda estamos com um número de desempregados imenso”, avaliou Victoria.

Inflação
Segundo o Boletim Focus, do Banco Central, o IPCA deve chegar a 5,38% em 2022. Já o IGP-M deve encerrar o ano em 6,99%. “Quando comparamos os preços livres, preços administrados e serviços, a gente vê que os administrados foram de longe os que mais puxaram o índice de inflação.” Os serviços (cinemas, restaurantes, teatros, etc.), no entanto, ficaram “muito bem-comportados” nas palavras de Victoria Werneck, porque serão o último setor a se recuperar da pandemia. Para ela, a partir de meados deste ano, o consumidor vai começar a perceber alguma desaceleração no ritmo de alta dos preços. Nossa economista-chefe estima que teremos IPCA de 5,5% e IGP-M de 6,5% em 2022.

Selic
Há a expectativa de que a Selic encerre este ano em 11,75%, ou seja, um ponto percentual acima dos juros básicos atuais. Victoria vislumbra um futuro de incertezas atrelado às eleições presidenciais, mas com com uma vantagem em relação a eleições passadas: o Banco Central hoje é independente pela Lei Complementar 179 de fevereiro de 2021. “O mandato do presidente do BC vai até dezembro 2024. Portanto, ele permanece por dois anos à frente do Banco Central mesmo em um eventual novo governo de Lula”, explicou Victoria, que acredita que a taxa básica de juros termine 2022 em 12%, 0,5 ponto percentual acima do consenso do mercado.

Contas públicas
Pela primeira vez em muitos anos, o Brasil teve superávit nas contas primárias (de 0,75% do PIB). Mas a melhora das contas públicas em 2021 pode ser creditada mais à inflação no período, na casa dos dois dígitos, explicou Victoria: “O que aconteceu em 2021? Não é que houve um corte de despesas. O que houve foi um congelamento de algumas despesas, incluindo aí os salários dos servidores públicos. Ano passado, a arrecadação de impostos cresceu muito acima do esperado em função do significativo crescimento do PIB nominal. Isto é, um crescimento real do PIB na casa dos 4,5%, acrescido da alta inflação de dois dígitos no período.

Neste ano, nossa economista-chefe acredita que a melhora nas contas públicas obtida em 2021 não deve se manter. “O presidente dá mostras de que continuará a forçar todos os limites da política fiscal, ao longo do ano, para tentar reverter seu desempenho desanimador nas pesquisas de intenção de voto”, afirmou Victoria.

PIB
Ainda estamos à espera do resultado do PIB do último trimestre de 2021. Victoria acredita que, após o segundo (-0,4%) e o terceiro (-0,1%) trimestres do ano passado apresentarem queda, 2021 deve ter um quarto trimestre positivo, para nossa surpresa.

Em 2022, o FMI espera que o PIB mundial cresça 4,4%. As economias avançadas, 3,9%, e os países emergentes, 4,1%. Já o Brasil destoa, com crescimento previsto de 0,3% neste ano. “Como a população brasileira cresce entre 0,7 e 0,75% ao ano, será mais um período de crescimento per capita negativo. O cenário que vislumbro é melhor do que o do consenso do mercado, mas ainda assim não estamos falando de nada que seja para um país emergente festejar”, disse Victoria, que acredita que o PIB brasileiro encerre 2022 com expansão de 0,6%.

“Estamos muito longe de ter uma recuperação em V constante como está mostrando a economia americana e tantas outras ao redor do mundo”, observou.

Estados Unidos
Com desemprego muito baixo – em dezembro, a taxa foi de 3,9% (virtualmente pleno emprego) – e inflação muito alta (em 2021 fechou em 7%), espera-se que o Federal Reserve, o banco central norte-americano, aumente em breve as taxas de juros.

De qualquer forma, Victoria não acredita que a subida dos juros nos Estados Unidos vá atrapalhar a política monetária brasileira em 2022, tendo em vista a expectativa do ciclo de altas muito maiores da Selic. Haverá um diferencial de juros bem expressivo.

Outros temas
Durante o encontro, as executivas falaram também sobre os efeitos dos preços das commodities no Brasil frente aos movimentos da economia chinesa, sobre a crise política entre Rússia e Ucrânia e seus impactos nos preços do petróleo, além de outros assuntos de destaque atualmente. Ao final, elas responderam a perguntas do público.

Assista à live completa AQUI

Publicado por blogicatu

Deixe seu comentário

-->