Como fazer o dinheiro render com segurança | Blog Icatu

Como fazer o dinheiro render com segurança

Por Diana Dantas

É em tempos de crise que realmente se avalia a importância de ter dinheiro guardado. Ao ficar desempregado, sem nenhuma renda, a pessoa com algum tipo de poupança pode contar com uma “ajudinha extra”, fruto do próprio trabalho, para arcar com despesas até o restabelecimento da receita. Apesar de ser uma ótima forma de se prevenir, grande parte dos brasileiros, no entanto, não tem o hábito de economizar. 

Segundo uma pesquisa da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima), em parceria com o Datafolha, apenas 24% da população ativa declara fazer alguma forma de investimento. Já outros 13,84% dizem ter conhecimentos, mas não poupar, e impressionantes 62,34% afirmam não conhecer nenhum tipo de aplicação financeira.

Por que investir parece assustar tanto? Não se sabe exatamente, mas termos como “ativos”, “risco” e “renda fixa”, entre muitos outros do mundo das finanças, podem contribuir para afastar as pessoas. 

Apesar de o vocabulário parecer confuso, investir não é tão complicado assim. Ao contrário, é essencial para uma vida tranquila e segura. Por isso, a seguir vamos dar algumas dicas básicas sobre como fazer o dinheiro render com segurança, acompanhe: 

O que preciso saber antes de fazer meu dinheiro render?

Antes de investir, ter um bom planejamento financeiro é fundamental, se protegendo de danos maiores caso o investimento não tenha o rendimento desejável e até mesmo garantindo um bom valor para o aporte inicial. 

Mesmo que o sonho de lucrar com investimentos esteja presente, é importante estar preparado para a realidade, alinhando suas metas com suas finanças atuais de maneira que o investimento não prejudique financeiramente.

Além disso, é importante entender qual o seu perfil de investidor, ditando o ritmo de suas escolhas para não causar maiores problemas. A ideia é saber se seu perfil é conservador, moderado ou agressivo, determinado pelo seu conhecimento do mercado e sua tolerância ao risco.

Entre as perguntas para definir em qual perfil de investidor você se encaixa, as principais são:

  • Quanto tempo tem intenção de deixar o dinheiro aplicado?
  • Qual o objetivo do investimento?
  • Qual seu entendimento de mercado financeiro?
  • Qual a sua tolerância com o risco?

Todas essas perguntas servem para definir o seu perfil e descobrir em qual dos tipos de investidores você se enquadra, e só depois disso, direcionar as suas aplicações.

Como fazer o dinheiro render: comece pelos conceitos 

Para aprender como fazer o dinheiro render, é essencial dominar as definições que existem nesse segmento.

Antes de se preocupar com como fazer o dinheiro render, é essencial aprender o significado dos conceitos básicos que envolvem esse segmento de investimentos.

Realizar investimentos não vai, mágicamente, resolver todos os problemas financeiros de alguém, muito menos deixá-lo rico, em um piscar de olhos. Essa não é a ideia. Ter uma aplicação financeira serve para situações, como:

  •  Consumir com segurança; 
  •  Aproveitar oportunidades inesperadas; 
  •  Garantir uma boa educação aos filhos; 
  •  Ter dinheiro para emergências; 
  •  Se aposentar com bem-estar;
  • etc.

Isso só se torna possível porque o dinheiro guardado rende com juros compostos. Ou seja, os juros deste mês incidem sobre os dos meses passados, assim como em uma dívida. A diferença está em não pagar à instituição financeira e, sim, receber dela. Muito melhor, não? Com R$ 100 investidos, por exemplo, a um rendimento de 1% ao mês, uma pessoa obtém R$ 181,67, após cinco anos. Um rendimento de 82%.

Para um investimento efetivo, devemos programar uma determinada quantia, mensalmente, com a finalidade de aplicar, assim que o salário cai na conta. Assim, é possível fazer um planejamento e traçar metas para alcançar objetivos.

Somente ter a disciplina de separar o dinheiro, entretanto, não é o suficiente. Há algumas armadilhas no caminho. Um desses obstáculos chama inflação. Confira, abaixo o que é inflação.

O que é inflação?

Para falarmos como fazer o dinheiro render com segurança, não podemos deixar de fora o significado do termo inflação, afinal, ela pode afetar e muito os seus investimentos.

A inflação é o termo utilizado, na economia, para indicar uma alta dos preços em um determinado período. Ela é afetada, principalmente, pela lei de oferta e procura, pois se a maioria dos consumidores estão gastando mais em um determinado produto ou serviço, é natural que os preços aumentem.Em alguns investimentos, onde a pessoa não está totalmente certa em como fazer o dinheiro render com segurança ou faz algumas “manobras” financeiras arriscadas sem ter o conhecimento para tanto,  o rendimento pode ser abaixo dela. Dessa forma, os ganhos não são considerados “reais”.

Dicas de como fazer o dinheiro render 

Levando em consideração tudo que foi dito até agora, a seguir, vamos ver dicas de como fazer o dinheiro render com segurança. Acompanhe: . 

  • Ser disciplinado e organizado financeiramente;
  • Antes de investir, conhecer as diversas opções de aplicações financeiras;
  •  Verificar se há ganho real no rendimento;
  •  Ficar atento aos impostos incidentes sobre os planos;
  • Ter paciência e comparar as diferentes alternativas no mercado;
  • Analisar todas ao longo de um período de tempo (cinco ou dez anos, por exemplo);
  • Procure estudar o assunto, por conta própria, em livros ou na internet, afinal, quanto mais informado, mais preparado você estará para praticar essas dicas de como fazer o dinheiro render com segurança;
  • Sempre questionar e tirar dúvidas com especialistas ou pessoas que tenham mais conhecimento.

Outra forma de se aprofundar mais no tema é conferir um  curso online e gratuito, que fizemos em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV). Acompanhe-o abaixo:

Como Fazer Investimentos

Além dos conceitos básicos vistos acima, os alunos, desse curso, também vão conhecer as características dos investimentos, os fundos de investimento e, claro, algumas  definições importantes, como por exemplo, “ativo”, “risco” e “renda fixa”. Assim, aquilo que parecia complicado pode ser o que vai tornar a sua vida mais fácil.

Dicas de como fazer o dinheiro render 

Para aprender como fazer o dinheiro render com segurança, siga as dicas desse artigo.

Investir é um processo muito complicado, que naturalmente gera dúvidas sobre sua confiabilidade. Pensando nisso, saiba quais são os melhores investimentos para você! 

Renda Fixa 

Ideal para investidores com perfil conservador, esse investimento possui alta liquidez, sendo mais vantajoso do que investir na poupança devido aos juros mais elevados e acima da inflação, gerando um aumento real no valor do investimento.

LCA, LCI, LC e CDB são algumas das diferentes variações presentes no mercado, permitindo aportes menores e grande variedade no prazo de rentabilidade.

CDB 

Sigla para Certificado de Depósito Bancário, o CBD é um tipo de investimento de renda fixa, onde a pessoa faz um “empréstimo” para uma entidade financeira, e o retorno do investimento se dá por meio de uma taxa de rentabilidade definida previamente.

Tesouro Direto 

Emitido pelo Governo Federal, o Tesouro Direto é um título de baixo risco operacional e rendimento acima da poupança, com rentabilidade definida a partir da projeção dos juros futuros no Brasil. 

Quando há um aumento na taxa Selic, o valor do Tesouro Direto desce, mas oferece maior rentabilidade. Porém, caso o oposto aconteça, o valor do Tesouro Direto sofre um aumento, diminuindo seu rendimento.

Fundos Multimercados 

Os fundos multimercados são uma boa opção para quem deseja investimentos mais altos em relação aos investimentos de renda fixa, pois conta com ativos de diferentes mercados.

Esse investimento transita entre investimentos conservadores e agressivos, gerando essa variedade de ativos. 

Previdência Privada 

Se você deseja um investimento a médio ou longo prazo, a previdência privada é a aplicação ideal para você!

Esse investimento funciona como um complemento para a previdência social, gerando uma renda extra durante o período de aposentadoria ou para a realização de um sonho, caso você precise realizar um resgate antes do prazo previsto!

Além disso, você pode adicionar beneficiários ao contrato, para que eles possam receber o dinheiro caso você venha a falecer antes do período de recebimento do valor.

Gostou de aprender como fazer o dinheiro render com segurança? Então, com certeza você irá aproveitar essa chance de realizar o nosso curso de como fazer investimentos financeiros. Ele pode te ajudar muito! Se quiser saber mais sobre investimentos, clique aqui!

Publicado por Diana Dantas

Formada pela PUC-Rio, Diana Dantas passou por diferentes redações, como O Estado de S. Paulo, Agora SP (Grupo Folha) e Brasil Econômico (Grupo Ejesa). Nesse período, trabalhou nas editorias de Educação, Cidades, Cultura e Economia. Desde de 2017, escreve para Icatu sobre seguros e planejamento financeiro.

Deixe seu comentário