Como lidar com a compulsão por compras? Confira aqui!

Por André Iunes

No final do mês, a fatura astronômica do cartão de crédito pode revelar algo bem mais preocupante do que a alta conta a pagar: a compulsão por compras, ou, em linguagem científica, oniomania, nome dado a quem tem gasto compulsivo.

Conforme classifica a Organização Mundial da Saúde (OMS), a oniomania é um transtorno que afeta a capacidade do indivíduo de resistir a impulsos (nesse caso específico, a compulsão por realização de compras), acometendo, quase que na mesma proporção homens e mulheres, cerca de 8% da população mundial.

Diagnosticada inicialmente no século XX, essa síndrome psiquiátrica, também conhecida como Transtorno do Comprar Compulsivo (TCC), afeta as pessoas de diferentes maneiras, incluindo desde a incapacidade de poupar dinheiro ao endividamento permanente.

O que para alguns pode ser somente uma fase de excessos, para outros, a compulsão por compras se mostra como uma grave doença, com reflexos sociais importantes e que precisa ser tratada também com uma boa educação financeira

Então, quer saber mais sobre o assunto? Acompanhe a seguir, vamos abordar sobre os principais sintomas e formas de tratamento do TCC! 

Compulsão por compras é uma doença?

Quem não tem algum sonho material? Seja um carro novo, um eletrônico de última geração, uma linda roupa ou sapato? Antes de mais nada, é importante ressaltar que existe um prazer envolvido no ato de comprar e isso tem explicação pela ciência, já que o nosso cérebro libera endorfina quando adquirimos algo que nos satisfaz, ou que seja fruto da realização de um desejo.

O grande problema está justamente na compulsão por compras, quando o ato de adquirir algo acontece repetidamente e sem nenhum tipo de objetivo maior ou real necessidade que motive a decisão.

Nesses casos, há uma espécie de impulso patológico que leva a pessoa a consumir de forma compulsiva. Geralmente, esse tipo de compra não é imbuído de prazer e, na grande maioria das vezes, vem acompanhado de sentimentos posteriores, como culpa, por exemplo.  

Quais os sintomas da compulsão por compras?

A compulsão por compras pode ser considerada uma doença e que precisa de tratamentos específicos.

Apesar de o sintoma principal ser a forma equivocada de lidar com a compulsão por compras, desencadeando gastos excessivos, o TCC pode se manifestar de diferentes maneiras na pessoa. O perigo está no fato de que, muitas vezes, o comprador compulsivo não se reconhece com uma doença, ou, até mesmo, que tenha um problema relacionado ao consumo excessivo de itens dos quais ele realmente não precisa.

A seguir, alguns sinais que fazem acender o sinal de alerta com relação a esse distúrbio de compulsão por compras. Vamos a eles: 

Descontrole financeiro 

Já dizia o ditado: “não importa o quanto você ganha, mas sim o quanto gasta”. Ao final do mês, a fatura do cartão de crédito não perdoa o descontrole nas compras. O reflexo disso é o direcionamento do dinheiro, que deveria ser destinado para pagar as contas da casa ou investido para proporcionar um futuro mais estável. 

Geralmente, quem tem compulsão por compras apela para atitudes que ajudam a ruir suas finanças, como pagar o mínimo do cartão de crédito, ficando refém de juros altíssimos ou fazer empréstimos com condições nada animadoras. O propósito é não quebrar o ciclo vicioso de gastos.   

Ansiedade ao não comprar por longos períodos de tempo 

Na maior parte das vezes, portadores de TCC só aliviam a tensão quando realizam compras em demasia. E se há algo que produz ansiedade aos compradores compulsivos é, justamente, o fato de não consumir, gerando até quadros de irritabilidade nos períodos de abstinência.

Acreditar que fazer compras compensa a tristeza  

As pessoas que tem compulsão por compras se sentem mais “seguras” ao adquirir um produto. Ou seja, o ato de comprar um bem, mesmo que inútil, ou totalmente desnecessário naquele momento, é uma forma de lidar com frustrações e sentimentos negativos, atuando, na pessoa compulsiva, como uma espécie de apego emocional ao ato da compra.  

Sentimento de frustração depois de realizar uma compra 

A pessoa que sofre por compulsão por compras não consegue controlar seus impulsos, sendo essa uma das características principais desse transtorno. É inevitável que, após realizar compras excessivas, a pessoa apresente sentimentos conflitantes, como tristeza e frustração. 

O tratamento para a compulsão por compras! 

Algumas linhas de pesquisa correlacionam o compulsão por compras ao Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC), assim, o tratamento pode seguir,de certa forma, processos similares.

Caso desconfie que você tenha esse tipo de transtorno, procure ajuda médica especializada, que poderá indicar psicoterapia ou, dependendo do grau dos sintomas, receitar remédios específicos, incluindo antidepressivos e ansiolíticos.  

Conforme a linha de tratamento adotada para a compulsão por compras, há a possibilidade também de os tratamentos farmacológico e psicoterápico serem realizados concomitantemente, englobando na abordagem cognitivo-comportamental a participação do paciente em grupos de apoio. 

A importância da organização financeira no tratamento 

Em paralelo à psicoterapia, outra forma de reforço para lidar com a compulsão por compras diz respeito à conscientização sobre os gastos. Para isso, um especialista em finanças pessoais pode ajudar, criando um ambiente propício para que o paciente tenha maior consciência sobre questões relativas ao dinheiro, mostrando a importância de economizar e investir.  

É muito importante que haja auxílio na organização das finanças pessoais e, principalmente, na quitação das dívidas.A ideia é estimular uma nova visão sobre os comportamentos que a compulsão por compras gera, buscando controlar os impulsos e criando um novo significado para os seus gastos. Somado a isso tudo, o apoio familiar é fundamental.  

A partir do momento que a compulsão por compras é controlada e a vida financeira restabelecida, é possível olhar para o horizonte e almejar diferentes formas de investir o dinheiro, construindo, assim, um futuro bem mais sólido e longe de surpresas! 

E então? Gostou desse conteúdo sobre compulsão por compras? Esperamos que tenha sido útil! Confira outros assuntos que podem ser interessantes para a sua leitura! 

Publicado por André Iunes

André Philippe Iunes é jornalista, especializado em marketing de conteúdo e digital, com mais de 20 anos de experiência. Já atuou em importantes veículos, como os jornais O Globo e Extra, além do portal Globo Cidadania, onde produziu conteúdo para os sites Globo Ciência, Globo Ecologia e Globo Universidade. Trabalhou como diretor de redação da revista Webdesign e editor executivo da revista Áudio, Música & Tecnologia, com várias coberturas internacionais. No mundo corporativo, desenvolve projetos para grandes empresas envolvendo estratégia de conteúdo digital.

Deixe seu comentário