Título de capitalização vale a pena? Descubra!

Por Alessandra de Paula

Se quiser aprender de uma forma mais prática e rápida se título de capitalização vale a pena, assista ao vídeo abaixo!

Você certamente já ouviu falar em título de capitalização. Mas você sabe, de fato, o que é, um título de capitalização? A gente te ajuda! É um tipo de aplicação com aportes programados. O cliente paga um valor de uma vez, ou em parcelas mensais, e, em troca, pode concorrer a sorteios, com prêmios em dinheiro, por um prazo determinado.  

Afinal, título de capitalização vale a pena? 

Para quem tem dificuldade de poupar, o título de capitalização funciona como uma forma de guardar dinheiro, já que é preciso cumprir certas regras no que diz respeito aos pagamentos e prazos de resgate. Ou seja, incentivada pelos sorteios, a capitalização funciona como uma espécie de economia programada. Sendo premiada ou não, a pessoa recebe todo o dinheiro de volta ao final do período, lembrando que essa condição se aplica caso todas as parcelas estejam quitadas. 

Tipos de título de capitalização  

Confira os principais tipos de título de capitalização: 

  • Tradicional: devolve ao cliente, no término do prazo, pelo menos o mínimo do valor pago.  
  • Popular: permite que o cliente participe de sorteios, no entanto, não devolve integralmente o valor pago.  
  • Compra programada: no momento em que adquire o produto, o cliente escolhe se quer receber de volta o dinheiro pago, ou se prefere resgatar na forma de algum produto, ou serviço. 
  • Incentivo: está atrelado a um sorteio, ou evento. Para concorrer, o cliente deve pagar tudo em dia.  

Como funciona o título de capitalização

Agora que você já sabe o que é título de capitalização e conheceu os tipos que existem, que tal conferir como funciona um título de capitalização? Acompanhe!

Prazos dos títulos de capitalização 

Ao contratar esse tipo de produto, é fundamental prestar muita atenção aos seguintes prazos: 

Prazo de pagamento 

Prazo no qual o cliente deve fazer os pagamentos acertados com a instituição financeira.  

Prazo de vigência 

É o prazo entre o início e o término do contrato. 

Prazo de carência 

Prazo mínimo que o dinheiro deve ficar aplicado, se não, o cliente arca com multa de até 10% sobre o valor pago.  

Quando acontece o resgate? 

Antes de assinar qualquer contrato, precisamos ficar atentos. E isso não é diferente no caso do título de capitalização. Alguns títulos de capitalização possuem prazo de carência, ou seja, um período mínimo para que o dinheiro possa ser retirado. Se o cliente fizer o resgate antes do tempo, pode perder até 10% do valor que pagou.  

A instituição financeira responsável pelo produto precisa informar claramente, por meio de uma tabela, os percentuais aos quais os clientes têm direito, tendo em vista o valor aplicado.  

Rendimento 

Os títulos de capitalização costumam ser atrelados à Taxa Referencial (TR), que nada mais é do que uma taxa de juros de referência, atuando como um indicador geral da economia brasileira.  

Sobre a questão do rendimento, é importante salientar que é um erro comparar títulos de capitalização com a poupança, já que os benefícios de ambos são diferentes. Enquanto a capitalização é uma espécie de incentivo para quem quer adquirir o hábito de juntar dinheiro, a poupança é uma forma de investimento. Com a capitalização, pode-se contribuir com pagamentos mensais, ou únicos, e ainda concorrer a sorteios, que funcionam como estímulo a continuar poupando. 

Segurança 

Os títulos de capitalização são credenciados pela Superintendência de Seguros Privados (Susep). Diferente da poupança e de outros investimentos em renda fixa, o título de capitalização não é garantido pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC). Sendo assim, é muito importante que busque uma instituição de confiança

As vantagens e desvantagens do título de capitalização

Para descobrir se título de capitalização vale a pena descubra quais são as vantagens e desvantagens deles.

O que pode ser considerado desvantagem para um, não necessariamente é para outra pessoa. E isso se aplica, especialmente, à capacidade de cada indivíduo de conseguir poupar dinheiro.

Seja por falta de disciplina, ou por desconhecimento de como investir, os títulos de capitalização servem para muitos como uma forma de poupar dinheiro e ainda participar de sorteios semanais, mensais e semestrais. No final, você resgata todo o valor economizado.

Por outro lado, pelo fato de a capitalização ser regida por regulamentos e prazos específicos, o resgate do dinheiro deve seguir algumas normas, o que, para alguns, pode ser uma desvantagem.  

O mais importante de tudo: caso opte por adquirir um título de capitalização, escolha uma instituição de confiança. Poupe com responsabilidade e boa sorte!  

Leia também: 

Publicado por Alessandra de Paula

Alessandra de Paula tem mais de 15 anos de experiência em produção de conteúdo e pesquisa jornalística. Integrou a equipe de Comunicação do Ministério da Cultura, e trabalhou em grandes empresas do Rio de Janeiro, como O Globo, Extra, Jornal do Brasil, Jornal do Comercio, CDN, In Press e SRCOM, realizando diversas coberturas, incluindo Olimpíadas e Paralimpíadas Rio 2016, e Réveillon de Copacabana. Também produziu conteúdo para sites da Rede Globo.

Deixe seu comentário