Benefício previdenciário: saiba quais são e suas vantagens! | Blog Icatu Seguros

Benefício previdenciário: saiba quais são e suas vantagens!

Por Paula Lopes

Se você tem dúvidas sobre quais são os benefícios previdenciários hoje, não está sozinho. Além de existirem muitos, cada um com seus requisitos e particularidades, recentemente sofreram alterações em suas regras de funcionamento

Nesse contexto de mudanças, repassar alguns conceitos e conhecer como ficaram formatados os principais benefícios previdenciários depois de ajustados, é um passo essencial para quem deseja repensar suas contribuições e estratégias de aposentadoria

Quer saber mais? Acompanhe conosco até o final! 

O que é benefício previdenciário? 

O benefício previdenciário é um valor pago mensalmente pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Sua utilização pode ser feita, como falamos acima, em diversas ocasiões. 

Além das aposentadorias, o benefício previdenciário também pode ser acionado em situações como salário-maternidade, auxílio-doença, salário-família, auxílio-reclusão, entre outros

Quem tem direito ao benefício previdenciário? 

Para ter direito a usufruir deste benefício, o cidadão deve contribuir mensalmente, com a previdência pública ou Previdência Social, além de cumprir os requisitos necessários para receber o valor ou o “seguro social”, como é considerado. Se não há contribuição, não há direito ao benefício previdenciário. 

Quais são os benefícios previdenciários?

Conhecer os benefícios previdenciários é o primeiro passo para garantir seus direitos!

A lista de benefícios previdenciários é ampla e traz derivações e regras específicas conforme o tipo de atividade realizada pelo trabalhador. Existem regras específicas para professores, militares e trabalhadores rurais, por exemplo. 

Ainda podemos lembrar que os benefícios previdenciários são classificados em programados e não programados – esse último envolvendo situações inesperadas como acidentes, invalidez e morte. Ainda: o benefício previdenciário pode servir não só para o trabalhador ou segurado, mas também para seus dependentes. 

A seguir vamos apresentar alguns dos benefícios previdenciários mais acessados. Acompanhe conosco!  

Para os Segurados 

Aposentadoria por invalidez 

Após a Reforma da Previdência esta situação passou a ser denominada “Aposentadoria por Incapacidade Permanente”. Para ter direito a este tipo de benefício, o trabalhador deve estar permanentemente incapacitado de exercer suas atividades laborais, seja por motivo de doença ou acidente. 

Existe a carência de 12 meses a ser cumprida para que o segurado tenha direito ao benefício previdenciário nesta situação, e a exigência de que a condição limitante seja comprovada por perícia médica, além de iniciada após o período de contribuições para a Previdência. 

Aposentadoria por idade e tempo de contribuição 

Antes da reforma da previdência, numa situação comum, sem intercorrências, o contribuinte do INSS tinha a possibilidade de solicitar a aposentadoria ou por idade ou por tempo de contribuição. 

A idade limite considerada era de 60 anos para as mulheres e 65 para os homens. O número de contribuições previdenciárias exigidas era de, no mínimo, 180. Cumprindo qualquer um dos requerimentos, era possível seguir com a solicitação do benefício previdenciário. 

Após a reforma da previdência, adotou-se a seguinte regra geral, a ser cumprida cumulativamente: 

  • Para mulheres: 62 anos + 15 anos de contribuição 
  • Para homens: 65 anos + 20 anos de contribuição 

Desta forma, hoje é necessário que esses dois requisitos sejam cumpridos para que o benefício seja concedido. 

Auxílio por incapacidade temporária (auxílio-doença) 

Este é o benefício previdenciário de maior recorrência na Previdência Social. Segurados temporariamente incapazes para o trabalho, em decorrência de doença ou acidente, podem solicitá-lo.  

A condição para a autorização do benefício é que a doença seja comprovada por perícia médica e que o prazo de 12 meses de carência em contribuições seja cumprido. 

Agora vamos conhecer uma situação que inclui os dependentes do segurado. 

Para os Dependentes  

Para o INSS, dependentes são pessoas com alguma relação de afeto ou parentesco com o segurado. São elas: 

  • cônjuge ou companheira(o); 
  • filho não emancipados menor de 21 anos; 
  • filho com deficiência intelectual, mental ou outra condição grave; 
  • pais e irmãos não emancipados menores de 21 anos, inválidos ou que apresenta deficiência intelectual, mental ou deficiência grave. 

Pensão por morte 

No que tange aos benefícios previdenciários para dependentes, a pensão por morte é disponibilizada caso o segurado venha a falecer ou desapareça e seja, judicialmente, declarado morto. 

O benefício é pago aos dependentes mesmo que não contribuam para o INSS e, independentemente do segurado ser ou não aposentado. 

Com este breve panorama pudemos perceber que a gama de possibilidades cobertas pela previdência social faz dela não só uma solução previdenciária, mas também securitária, dois pilares que não devem ser negligenciados num planejamento de vida, principalmente por quem tem dependentes financeiros. 

O modelo da previdência social, no entanto, vem sendo posto à prova e mostrando-se insuficiente para sustentar as mudanças que estamos vivendo, sejam demográficas, sociais ou comportamentais. 

Nesse contexto, faz sentido pensar numa solução de renda complementar.   

Quais são os benefícios da Previdência Privada? 

Entre as possibilidades de investimento de médio e longo prazo, a Previdência Privada traz benefícios interessantes a serem avaliados de acordo com seu perfil.  

A começar pela periodicidade e valor de contribuição que são definidos por você e podem ser ajustados a qualquer momento de acordo com mudanças de vida. Essa liberdade de manobrar prazos e valores não existe na previdência social. 

O valor do benefício é outro aspecto que não podemos deixar de comentar. O valor máximo possível na previdência social, por maior que seja o valor de suas contribuições, não ultrapassa a ordem de grandeza de R$6.433,57, em 2021. 

O valor na Previdência Privada não é limitado. Você tem a possibilidade de ajustar seus aportes para que o valor disponível no futuro seja adequado a seu padrão de vida. 

Agora é sua vez de refletir sobre seu futuro e garantir mais tranquilidade e segurança. A Icatu é especialista no tema e pode contribuir com mais informações. Consulte nossos especialistas. 

Para conhecer outras vantagens, como os benefícios fiscais, acesse: 

Publicado por Paula Lopes

Paula Lopes possui mais de 12 anos de experiência em curadoria e produção de conteúdo, gestão de canais, implantação de plataformas digitais, campanhas de engajamento e eventos motivacionais para o público interno de empresas de diferentes segmentos e portes.

Deixe seu comentário