Como está o planejamento do seu futuro?

Por Diana Dantas

Ter um planejamento é essencial para atingir os seus objetivos de vida. Os objetivos financeiros, por exemplo, podem te ajudar para realizar os seus sonhos, por isso, vamos dar algumas dicas de como planejar suas finanças e sua vida, no geral.

A organização financeira é fundamental nos momentos imprevistos, como uma doença, um acidente, a perda de um emprego ou, simplesmente, uma mudança de cidade.

Quem tem uma boa gestão , nesta  área, consegue lidar melhor com o inesperado, mesmo sem tantos recursos. Para aqueles que conseguem manter sua trajetória dentro da prevista, um planejamento costuma ter efeitos melhores ainda e assegurar uma aposentadoria mais feliz e confortável. 

Por isso, a seguir, vamos mostrar alguns passos, de como planejar o futuro, para que ele seja mais  tranquilo.

Como planejar de uma forma eficiente? 4 passos!

Antes de falar sobre as finanças, vamos falar em planejamento, no geral, confira abaixo 4 dicas de como planejar de uma forma eficiente.

1- Defina as suas metas

Quando pensamos em planejamento pessoal ou em como planejar o futuro, a dica que não pode faltar é a definição de metas e objetivos. 

Uma sugestão, para que essas metas fiquem mais fáceis de serem visualizadas, é escrever em um papel tudo o que você gostaria de realizar em um período de tempo. Aqui valem metas bimestrais, trimestrais, semestrais ou até anuais, o que fizer mais sentido, de acordo com os seus objetivos.

É importante ressaltar que essas metas acimas são de curto prazo, é essencial pensarmos, também, em metas e objetivos de longo prazo, ou seja, como você deseja estar daqui a 5 ou 10 anos, por exemplo.

Como definir metas pessoais?

Definir metas, pode parecer uma coisa meio difícil, porém, é bem simples!

Você precisa pensar o que quer para daqui alguns meses, por exemplo, e quais atitudes precisará tomar para conseguir concluir essa meta. Além disso, é indicado estabelecer algumas datas, para que você tenha tenha uma motivação.

2- Se organize

Quem está focado em como planejar o futuro, precisa, também, de uma ótima organização, pois, sem ela, é quase impossível concluir as metas e chegar onde se deseja.

As ferramentas mais utilizadas para a organização pessoal são: agendas, planner, aplicativos organizacionais, como por exemplo, Evernote, Onenote, Any.do, Google Agenda, etc.

Existem, também, diversos métodos para aumentar a produtividade e otimizar o seu tempo, como por exemplo, técnicas de gerenciamento do tempo (Técnica de Pomodoro e Método Ivy Lee). 

Quando você conseguir organizar a sua rotina, irá ter tempo de sobra para pensar no futuro e ainda descansar!

3- Veja quais são os recursos disponíveis 

Quando pensamos em como planejar o futuro, é essencial ver qual é a nossa realidade atual. Identifique habilidades e competências que podem ser úteis na hora de realizar os seus objetivos. Além dessas habilidades, é importante mapear os recursos materiais também.

Nessa dica, o que vale mesmo é que encontrar formas criativas de aplicar o que você tem e sabe fazer em prol de realizar suas metas.

4- Mantenha o foco

Essa última dica é uma das mais importantes, já que para atingir os seus objetivos você não pode desviar do “caminho traçado”, que é onde a maioria das pessoas falham. Não adianta nada definir as metas e esquecê-las!

A realização de metas dependem muito mais do seu comprometimento do que de qualquer outra coisa, se você estiver focado em realizá-las é muito provável que irá conseguir. Por isso, evite distrações!

Confira um resumo de como planejar o futuro da melhor maneira:

Agora que já sabe como planejar e organizar a sua vida, veja também como planejar o seu futuro financeiro!

Como planejar o futuro financeiro? 

Diante das inúmeras dúvidas que esse tema pode gerar, indicamos, abaixo, algumas dicas para que você possa otimizar a sua organização financeira,  entender se ela está ou não defasada, e ainda, aprender como planejar o futuro financeiro.

1- Fazer contas

Saber o quanto se está gastando e onde,  é muito importante para o controle do orçamento doméstico. Anote todas as despesas e receitas. Mesmo não sendo possível cortar gastos, ter uma ideia da movimentação da conta ajuda a criar uma consciência financeira.

Baixe aqui: planilha de orçamento financeiro.

Mas, lembre-se: se seu padrão de vida mudar (para melhor ou pior), você precisará rever a forma como faz as contas de sua casa!

2- Economizar

Depois de se ter uma noção real do orçamento, o ideal é guardar, ao menos, 10% do salário, por mês. Recomenda-se separar o dinheiro na hora em que se recebe e considerar apenas a quantia restante como salário líquido. Dessa forma, torna-se mais fácil adquirir disciplina para economizar.

Se você já faz esse procedimento, significa que está em um bom caminho e relativamente seguro.

 

3- Planeje-se também a longo prazo

A maioria de nós costuma ter uma ideia do que deseja a longo prazo. Mas e o que precisamos? Quando pensamos em como planejar o futuro  financeiro, alguns idealizam a casa própria ou a abertura de uma empresa. Outros só querem pagar as contas em dia. Existem, contudo, alguns itens não listados na categoria “sonho” que deveriam ser considerados no momento de organizar o futuro, entre elas, a aposentadoria.

Para conseguir um futuro estável financeiramente, é preciso começar um planejamento o mais cedo possível, acompanhe abaixo uma alternativa de como planejar o futuro e chegar na aposentadoria preparado.

A Previdência Social é a melhor opção?

Uma parcela de pessoas acredita que contribuir para o INSS é “o suficiente”. O rombo na Previdência Social, as mudanças constantes das regras e o teto máximo do benefício, no entanto, não asseguram que esse dinheiro vá conseguir manter um padrão de vida confortável e tranquilo na terceira idade. Principalmente, porque é depois dos 60 anos em que as despesas de saúde aumentam e o ritmo de trabalho diminui. 

Por isso, parte do dinheiro economizado deve ser investido a longo prazo, pensando no futuro, que, talvez, seja bem instável. Uma opção, nesse sentido, pode ser a previdência privada. Dependendo do plano, é possível ter até mesmo benefícios fiscais, que chegam a 12% da renda bruta anual, durante o tempo de contribuição. 

4- Fazer investimentos

Uma dica fundamental para quem quer aprender como planejar o futuro das finanças, é realizar diversos investimentos. Com o montante que você irá receber, poderá fazer uma reserva financeira e realizar os seus sonhos.

Existem diversos tipos de investimentos, para saber qual é a melhor maneira de fazer um investimento, clique aqui!

Se você já pensou sobre todos itens, parabéns. Não são todas as pessoas que são tão organizadas assim. Agora, se nunca tinha refletido a respeito dessas questões ou não havia considerado situações tão à frente, pode ser a hora de começar a estudar o assunto. 

Gostou de aprender como planejar sua vida e futuro financeiro? Leia também: Quanto é necessário guardar para a educação dos filhos?

Publicado por Diana Dantas

Formada pela PUC-Rio, Diana Dantas passou por diferentes redações, como O Estado de S. Paulo, Agora SP (Grupo Folha) e Brasil Econômico (Grupo Ejesa). Nesse período, trabalhou nas editorias de Educação, Cidades, Cultura e Economia. Desde de 2017, escreve para Icatu sobre seguros e planejamento financeiro.

Deixe seu comentário