Imposto de Renda: O que você pode fazer com a sua restituição?

Por Igor Brazao


Em junho é iniciado o pagamento das restituições do imposto de renda. Os prazos de pagamento das restituições se alongam até o final do ano e muitas pessoas esperam ansiosamente por esse dinheiro extra. E o que fazer com a sua restituição de imposto de renda deste ano?

O recebimento das restituições do Imposto de Renda

A restituição só pode ser depositada na própria conta do contribuinte, exceto em determinados casos específicos como contribuinte falecido, menor de idade, incapaz ou com saída definitiva do país.

O valor da restituição é atualizado pela taxa Selic, acumulada a partir do mês de maio do ano até o mês anterior ao pagamento, mais 1% no mês do depósito. Uma vez encaminhado ao banco, o valor da restituição não sofrerá atualizações, independentemente da data em que o contribuinte receba a restituição.

Como utilizar de forma inteligente minha restituição?

Existem ótimas opções para o contribuinte tomar no ato do recebimento de sua restituição do imposto de renda. Muitos optam por consumir algum bem ou serviço de maneira imediata. Mas existem opções que poderão influenciar positivamente no seu futuro como: Contratação ou Aporte no Plano de Previdência Privada ou a Contratação de um Seguro de Vida.

  1. Contratar um Seguro de Vida

Com valores a partir de R$30,00 mensais, você pode contratar um seguro de vida e garantir mais tranquilidade para seus herdeiros ou beneficiários. Com prestações mensais entre R$150,00 e R$300,00, você conseguirá garantir um valor significativo de capital segurado. Caso precise, você terá todo direito de substituir seu beneficiário por qualquer outro, bastam ter um CPF ou CNPJ válidos.

O seguro de vida te traz diversos benefícios como:

  1. Isenção de Imposto de Renda
  2. Impenhorável
  3. Não incide ITBI/ITCMD
  4. Pode Garantir As Despesas Com Inventário
  5. Contratação ou Aporte em Previdência Privada

Uma ótima opção é você utilizar sua restituição investindo ou aportando valores em previdência privada. Você pode contratar um dos planos de previdência que mais se identifica com seu perfil ou, caso já tenha algum plano de previdência contratado, você poderá aportar recursos a qualquer momento.

O VGBL não te permite deduzir o valor do seu plano de previdência da base de cálculo do seu imposto de renda, sendo indicado para quem faz declaração no modelo simplificado. Nesse modelo você irá ser tributado sobre o ganho de capital no momento do seu resgate.

No PGBL, caso você já possua, você poderá aportar recursos e esses poderão, caso não extrapole o limite, ser deduzidos da base de cálculo do seu imposto de renda no próximo ano.

O PGBL é o plano de previdência privada indicado para aqueles que utilizam o modelo completo de declaração anual do imposto de renda.

Pela opção do modelo completo de declaração, você pode deduzir:

  • Pensão Alimentícia
  • Despesas Médicas
  • Dependentes (Limitado a R$2.275,08 por dependente)
  • Despesas com Educação até o valor de R$4.561,50
  • PGBL (Plano de Previdência Privada)
  • Outros

 

Em relação ao PGBL, a Receita Federal permite um desconto de até 12% do total dos rendimentos computados na determinação da base do cálculo do imposto de renda anual.

Muitas pessoas preferem fazer o aporte no PGBL no final do ano, mas poderiam fazê-lo mensalmente, obtendo descontos mensais no seu imposto de renda. Veja abaixo como você pode maximizar seu benefício fiscal tendo o PGBL descontado em folha! Veja o exemplo abaixo!

 

Você contratando um PGBL terá alguns benefícios fiscais, como:

  • O PGBL é dedutível na base de cálculo do seu Imposto de Renda.
  • Com o PGBL você pode aportar mensalmente com desconto em folha de pagamento.
  • Com o PGBL você pode ter desconto mensal no seu Imposto de Renda descontado na fonte.

 

Simule suas melhores opções para aplicar sua restituição do Imposto de Renda

Sabendo agora quais as melhores opções para você aplicar e garantir seu futuro e de sua família, você pode simular e saber qual melhor plano de previdência privada para o seu perfil.

Aproveite a restituição do seu imposto de renda e invista diretamente no seu futuro! Fale agora com um consultor especialista em previdência. Esta será uma das melhores opções que poderia tomar em toda sua vida!

 

Publicado por Igor Brazao

Deixe seu comentário