O que é educação financeira? Faça o teste e descubra se você é educado financeiramente!

Por blogicatu

Quando falamos sobre finanças, geralmente, as pessoas ficam um pouco receosas, pois pensam se tratar somente de planilhas e caderneta de poupança. Mas, esse assunto vai muito além disso. Por isso, vamos abordar nesse texto o que é educação financeira, dar algumas dicas sobre essa temática e disponibilizar um teste para que você descubra se você é educado financeiramente. Confira!

Afinal, o que é educação financeira?

A OCDE (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico) descreve educação financeira como “o processo mediante o qual consumidores e investidores financeiros melhoram a sua compreensão sobre produtos, conceitos e riscos financeiros”. Ou seja, ela tem o propósito de ajudar as pessoas a administrarem os seus rendimentos e auxiliá-las para que tomem decisões financeiras responsáveis e baseadas em dados.

Para ter uma boa administração de suas finanças, primeiramente, é necessário saber o que é educação financeira e se empenhar em torná-la parte da sua rotina.

10 dicas que podem te ajudar a organizar as finanças

Agora que você já sabe o que é educação financeira, vamos disponibilizar algumas dicas que podem te ajudar na hora de organizar as suas finanças e não acumular dívidas ou até te auxiliar para sair delas. Confira abaixo:

1- Analise a situação

Descubra quanto você gasta por mês e tente controlar seus gastos com aplicativos, planilhas (como essa que a Icatu te disponibiliza) ou, até mesmo, com anotações em papéis.

O ideal aqui é que você saiba a quantidade de dinheiro que entra e que sai todos os meses. Além disso, é necessário que você analise se o seu salário atual está rendendo e se está sobrando alguma quantia dele. Toda a quantia que sobra pode ser guardada

2- Corte os gastos supérfluos

Todas sugestões sobre organização de finanças contam com essa dica, afinal, ela é muito importante para a economia e para controle do seu dinheiro.

Mas, o que são considerados gastos supérfluos? Esse tipo de gasto está relacionado a tudo aquilo que não fará falta caso você não volte a comprar. Por isso, cada pessoa deve definir quais são seus gastos “desnecessários” e se há alternativas a ele.

Está entendo melhor o que é educação financeira? Continue acompanhando as dicas!

3- Guarde uma quantia mensalmente para emergências

Guardar uma quantia do seu salário para emergências deve ser um hábito, afinal, há vários acontecimentos que não conseguimos prever.

Geladeira quebrada, carro com problemas, um remédio importante que deve ser tomado: todas essas situações podem provocar gargalos em seu planejamento financeiro e, se não há uma quantia voltada para esses imprevistos, você acabará utilizando o dinheiro que está reservado para as contas ou, até mesmo, para o seu lazer.

4- Evite dívidas 

Evitar dívidas é uma forma simplificada de dizer que você deve procurar sempre realizar as compras e pagamentos à vista. Mas, o que isso quer dizer?

Tente não parcelar as coisas no cartão de crédito e busque se planejar para comprar algo que você deseja. Com esse planejamento (e seguindo essas dicas de educação financeira), você poderá juntar o dinheiro e adquirir o que deseja à vista, sem precisar parcelar no cartão de crédito.

Se usar o crédito é algo que funciona para você (você paga os valores corretamente e não deixa vencer), o ideal é que tente diminuir sempre a sua fatura do cartão. Assim, você não toma um susto no começo do mês e consegue guardar uma quantia mensalmente, como indicado na dica anterior

5- Saiba sobre as 3 etapas do acúmulo financeiro

Para entender melhor o que é educação financeira, você precisa conhecer as 3 etapas para acumular mais riqueza. São elas: ganhe, economize e invista.

Isso quer dizer que você deve seguir essas três etapas para melhorar a sua educação financeira e conseguir um maior pé de meia. Assim, ao receber seu salário mensal, pague todas as suas contas e siga com os passos colocados acima.

6- Faça aplicações mensais, mas evite a poupança

Todo mundo sabe que fazer aplicações é uma ótima maneira de garantir uma maior educação financeira e, por conseguinte, otimizar seus ganhos. No entanto, nem todas as aplicações são as mais efetivas.

A poupança, por exemplo, não rende muito, por isso o ideal é que você opte por outros investimentos, são eles:

  • CDB
  • Tesouro Direto
  • Renda Fixa

7- Aprenda a economizar de vez!

Segundo pesquisas, mais da metade dos brasileiros compram por impulso e não sabem exatamente o que é educação financeira. Isso quer dizer que, mesmo sem dinheiro, as pessoas, ainda sim, buscam comprar e fazer dívidas.

A melhor dica para evitar fazer compras desnecessárias é pensar mais de uma vez se você está tomando a decisão certa e se você precisa mesmo daquele item. No entanto, também não é preciso se privar de viver. Apenas planeje-se para que consiga comprar e realizar seus desejos.

8- Esteja sempre preparado para imprevistos financeiros

Depois que você negociar suas dívidas e conseguir pagá-las de forma adequada, é necessário organizar-se para imprevistos financeiros que podem acontecer com qualquer pessoa e de qualquer idade.

Sua reserva de emergência deve equivaler ao seu custo de vida por 6 meses.

9- Tenha paciência!

Tenha paciência consigo mesmo e evite apressar o processo. Entender o que é a educação financeira e agir de uma ótima forma diante disso pode ser bastante estressante. Nós entendemos isso e é por esse motivo que acreditamos que a “paciência” é uma grande dica.

Um ou dois meses da sua vida com uma má organização financeira não definem quem você é ou o que realmente faz com seu dinheiro. Por isso, tenha paciência e respeite seu tempo.

10- Defina o seu maior objetivo!

Pode parecer difícil pedir para que você defina um grande objetivo de vida. No entanto, pensar em prol de apenas um objetivo pode ser mais fácil do que criar diversos e agir simultaneamente para atingi-los.

Então, reflita: seu maior objetivo é comprar a sua casa? É comprar o carro do ano? A depender dele, delineie suas ações em prol disso.

Realize o teste! Você é educado financeiramente?

Agora que você já sabe o que é educação financeira, faça o teste e descubra se você precisa dar mais atenção para suas finanças, se esforçar mais no seu planejamento financeiro ou se já faz uso consciente do dinheiro. Vamos lá?

P1) De modo geral, eu me sinto capaz de administrar as minhas finanças pessoais.

1) Discordo totalmente

2) Discordo

3) Não concordo nem discordo

4) Concordo

5) Concordo totalmente

P2) Eu converso sobre as decisões financeiras com outras pessoas da minha família (ex. marido, esposa, irmãos, pais).

1) Discordo totalmente

2) Discordo

3) Não concordo nem discordo

4) Concordo

5) Concordo totalmente

P3) A fim de controlar os gastos mensais é importante fazer um orçamento.

1) Discordo totalmente

2) Discordo

3) Não concordo nem discordo

4) Concordo

5) Concordo totalmente

P4) Se você perdesse a sua principal fonte de renda hoje, por quanto tempo você conseguiria cobrir o seu custo de vida sem pegar um empréstimo?

1) Menos de 1 semana

2) De 1 semana a 1 mês

3) De 1 a 3 meses

4) De 4 a 6 meses

5) Mais de 6 meses

P5) Considerando o total da sua renda mensal, você saberia me dizer aproximadamente qual o percentual desta renda está comprometido com dívidas mensais, como cartões de crédito, carnês de loja, empréstimo pessoal ou prestações de financiamentos?

1) Mais de 50%

2) De 31 a 50%

3) De 21 a 30%

4) De 11 a 20%

5) De 0 até 10%

P6) Como você classifica o seu stress financeiro atualmente?

1) Muito alto

2) Alto

3) Médio

4) Baixo

5) Muito baixo

Resultados do teste

Agora que você responder as perguntas, atribua os pontos correspondentes ao número da resposta. Exemplo: se na pergunta 1 você responder a alternativa 3, contabilize 3 pontos.

25 a 30 – alta educação financeira: continue planejando e organizando a sua vida financeira.

15 a 24 – média educação financeira: esforce-se mais para planejar e organizar a sua vida financeira.

6 a 14 – baixa educação financeira: comece a dar mais atenção para o seu uso do dinheiro..

Fonte da pesquisa: Jornal da Globo

E então, gostou de aprender o que é educação financeira? Fez o teste? Compartilhe o resultado com a gente! Além disso, leia também sobre fundo de emergência e como usá-lo!

Publicado por blogicatu

Deixe seu comentário