Um plano de aposentadoria é importante? Entenda!

Por Paula Lopes

A Previdência Social faz parte dos denominados direitos fundamentais garantidos pela atual Constituição Federal de 1988 e a preocupação em estruturar um Plano de Aposentadoria Privada é um dos temas mais discutidos não só no cenário nacional, mas em todo mundo. 

As regras e estruturas criadas pelo governo para prestar assistência financeira aos trabalhadores e seus dependentes em situações de incapacidade, seja por doença / acidente ou por velhice já não atendem à dinâmica social. 

Mas, será que  fazer um Plano de Previdência Privada faz parte da nossa cultura? 

Um levantamento realizado, no final de 2018, em todas as capitais pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) mostra que não. 

Esta pesquisa demonstrou que sete em cada dez idosos (70%) estão aposentados. Desse total, 21% continuam trabalhando e uma das principais razões é o fato da  renda não ser suficiente para pagar as contas (47%). 

Um fato que podemos constatar, levando em conta esses dados, é que o plano de aposentadoria privada pode tornar o  seu sonho realidade e ainda, recompensar uma vida de trabalho.  

Quando estruturar seu Plano de Aposentadoria Privada? 

Hoje, categoricamente, não importa se você tem 20, 40 ou 60 anos. Nunca é muito cedo para colocar em prática um projeto de investimento que vai garantir sua independência financeira e seu padrão de vida na terceira idade. E quanto mais cedo melhor! 

Seja você um jovem profissional em início de carreira ou alguém mais experiente, é necessário se preocupar em ter uma maior segurança financeira . Afinal,  quanto mais tempo tiver para investir, menor será o esforço feito, ao longo da vida, para alcançar suas metas.

Entre os aspectos essenciais, leve em consideração: 

  •  A idade que deseja se aposentar;

  •  A quantidade de anos que faltam até sua data meta para aposentadoria;

  •   A renda mensal que deseja ter ao se aposentar;

  •  A parcela da sua renda atual que pode poupar. 

5 Passos para você estruturar seu Plano de Aposentadoria Privada

Estruturar um plano de aposentadoria o mais cedo possível é fundamental para quem deseja realizar as metas de longo prazo.

 Fazer um planejamento a longo prazo, seja de aposentadoria ou qualquer outro, não é fácil. Ceder aos desejos de consumo imediato em detrimento de maiores e mais significativas realizações no futuro é instintivo e natural para todos nós. Por isso, montamos um passo a passo para você ter sucesso no seu planejamento. Acompanhe!

1 – Seu Plano de Previdência Privada pode ser complementar ao INSS 

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social – órgão do Ministério da Previdência Social, ligado diretamente ao Governo), por si só dificilmente dará conta de manter seu padrão de vida como mostra a pesquisa citada no início deste artigo.  

Os benefícios que o INSS oferece em situações inesperadas como morte ou invalidez são relevantes para nosso plano de previdência privada e vamos considerá-lo – sim, mas como uma parte desse planejamento e não como o todo.   

2 – Contrate um Plano de Previdência Privada 

Os planos de previdência privada são uma boa opção para somar contra nosso instinto natural de recompensas imediatas e ajudar aqueles que não têm disciplina para juntar dinheiro todo mês por conta própria. 

Há de se ter muito cuidado na contratação deste investimento, avaliando com critério a taxa de administração e de carregamento do fundo. O histórico de rendimento também é valioso para entender se o fundo está rendendo abaixo dos índices da inflação. 

Este investimento traz diversas vantagens fiscais, como por exemplo, a possibilidade de abatimento no Imposto de Renda (PGBL) ou ter possibilidade de uma alíquota de apenas 10% no regate (tabela regressiva). Sem falar na ausência do come-cotas.  

3 – Diversifique seus investimentos 

A diversidade dos investimentos é uma estratégia de segurança para ajudar a reduzir perdas, em caso de mudanças inesperadas no cenário macroeconômico.  

Especialistas estimulam a renda variável, uma classe mais arrojada, para aqueles com maior tempo entre a data do investimento e a data prevista para a aposentadoria. Os fundos de ações e os fundos multimercado oferecem uma ampla gama grande de composições e gradações de risco. 

Já o Tesouro Direto e as Letras de Crédito (LCI e LCA) são aplicações conservadoras, mas que garantem ganhos atrelados à inflação. Atenção: antes de se aventurar em qualquer aplicação considere sempre seu perfil de investimento. 

 4 – Faça uma reserva de emergência 

Além de definir o valor do aporte mensal do seu plano de aposentadoria, é muito importante separar um valor para uma reserva de emergência. Afinal de contas,  não temos como saber quando os  imprevistos irão acontecer, não é? Mas, eles acontecem e nesse caso, nem pense em mexer em seus investimentos a longo prazo, pois são eles que garantem a qualidade de vida na terceira idade ou a realização de um sonho.  

Por isso, tenha um capital investido no curto e médio prazo para possíveis emergências.  

 5 – Estude e fique atento às transformações do mercado 

Chegou a hora de entender que seu Plano de Aposentadoria Privada precisa considerar a dinâmica de transformações do mercado de trabalho. Muitas carreiras estão desaparecendo e outras surgindo. Neste contexto, o que pretende fazer até se aposentar e além disso?  

Além deste aspecto, lembre-se que estamos vivendo mais. Muitos aposentados permanecem na ativa para se sentirem produtivos e manter a mente ocupada. Para alguns, a aposentadoria pode ser um período bom para empreender.  

Dicas em mãos, agora só depende de você. Use este passo a passo para estruturar seu plano de aposentadoria e conte com a Icatu para te apoiar neste importante projeto de vida. 

Nossa especialidade é justamente oferecer as melhores soluções para você planejar o futuro, proteger o presente e realizar projetos em cada fase da vida.

Publicado por Paula Lopes

Paula Lopes possui mais de 12 anos de experiência em curadoria e produção de conteúdo, gestão de canais, implantação de plataformas digitais, campanhas de engajamento e eventos motivacionais para o público interno de empresas de diferentes segmentos e portes.

Deixe seu comentário