Diversificação de investimentos: as melhores opções | Icatu

Como investir dinheiro de forma diversificada?

Como investir dinheiro de forma diversificada?

Por Diana Dantas

Como investir dinheiro e ter o melhor retorno possível? Ultimamente, cada vez mais pessoas estão tendo acesso às diversidades de fundos de investimento e vendo que todas as pessoas podem aplicar, de acordo com suas realidades.

Já se foi a época em que apenas a poupança era a solução para os problemas. Hoje, existem outras opções mais rentáveis. São diversas formas para investir, entre elas: fundos de investimento, tesouro direto, CDB’s, previdência privada e muitos outros.

É claro que, para fazer um bom investimento, é preciso conhecer um pouco sobre cada um deles e como funcionam. E é exatamente por isso que fizemos este conteúdo para você.

Sabemos que fazer aplicações é importante e que a poupança não é a única maneira de se fazer isso, certo? Então, vamos aprender onde e como investir dinheiro, fazendo ele render mais de acordo com o seu objetivo.

Confira abaixo as melhores dicas de como investir de maneira diversificada!

Opções de como investir dinheiro

Abaixo, listamos algumas opções para que você invista da melhor forma possível e diversifique suas aplicações.

Para reserva de emergência

A reserva de emergência é aquele dinheiro que todos nós precisamos ter e o próprio termo já explica o motivo. É uma quantia focada em imprevistos, como: reparos na residência, uma peça do carro que precisa ser trocada, e assim por diante. Resumindo, a reserva serve para cobrir gastos inesperados.

Muita gente costuma fazer a reserva de emergência investindo na poupança, mas essa forma de investimento pode não render tanto como outras. Existem três excelentes opções que vão além: Tesouro Selic, CDBs e fundos de investimentos conservadores.

O Tesouro Selic é um título do Tesouro Direto, ou seja, você empresta dinheiro para o Governo Federal e este, por sua vez, lhe paga juros por esse empréstimo. A taxa utilizada aqui é a taxa básica da economia e da qual você já deve ter ouvido falar: Taxa Selic.

Já o CDB é um investimento oferecido pelos bancos e que tem como principal forma de rendimento o CDI (Certificado de Depósito Interbancário). Aqui usa-se a taxa utilizada pelos bancos para empréstimos entre eles. Normalmente, não é interessante investir em um CDB que tenha um rendimento abaixo de 100% do CDI.

Por fim os fundos de investimentos conservadores são fundos DI ou Selic que investem em ativos de renda fixa que rendem CDI ou em título público Selic.

Para metas de médio prazo

Uma das melhores formas de investir dinheiro é criando metas de curto, médio e longo prazo. A reserva de emergência, por exemplo, é um objetivo de curto prazo.

Para os de médio prazo podemos pontuar, por exemplo, a compra de um carro, viagem internacional com a família, etc. Para isso, você pode apostar nos fundos de investimento tradicionais ou em fundos como os Fundos Imobiliários (Fiis) ou aplicações de renda fixa como LCI (Letra de Crédito Imobiliária) ou LCA (Letra de Crédito do Agronegócio). 

Uma das vantagens aqui é que esses investimentos — LCI e LCA — são isentos de impostos.

Outra opção são os fundos de multimercado, ideais para quem tem um perfil de investidor moderado. O gestor do fundo usará o dinheiro que você investiu para aplicá-lo em diferentes tipos de investimentos: ações, renda fixa, commodities e outros. Isso é bom, pois quanto maior a diversificação de uma carteira de investimentos, menor o risco.

Para aposentadoria ou outros objetivos de longo prazo

Saiba como investir dinheiro à curto, médio e longo prazo.

Já que estamos falando de como investir dinheiro, precisamos falar sobre investimentos de longo prazo para ter um conforto maior no futuro ou concluir aqueles planos maiores como a compra de uma casa ou pagar a faculdade dos filhos.

Uma das opções é um outro investimento do Tesouro Direto: o Tesouro IPCA. Ele é direcionado para aqueles que desejam investir no longo prazo. Ao investir em um título como esse, o ideal é que você resgate no longo prazo uma vez devido a longa duração do título ele possui maior risco (oscilação). Por isso, ele não é indicado, por exemplo, para reserva de emergência.

Outra excelente opção de investimento para o longo prazo é a Previdência Privada. Se você pesquisou sobre como investir dinheiro, já deve ter ouvido falar que a Previdência Privada é um investimento com baixa rentabilidade, porém, isso depende muito da empresa que está por trás dessa previdência.

Com a Previdência Privada, você tem vantagens que outros investimentos não são capazes de oferecer. Por exemplo, um plano de previdência não passa por inventário, então o beneficiário indicado vai poder receber o recurso de forma mais rápida e sem custo.

Outro ponto interessante é a possibilidade de adaptar o tipo de previdência ao tipo de declaração do imposto.

Você também encontra fundos de previdência com gestão das maiores e mais reconhecidas casas de investimentos do Brasil, com opções com especializadas em renda fixa, crédito privado, ações, multimercados e até com investimento no exterior. Portanto, é possível sim ter bons rendimentos com esse tipo de investimento e ter muito mais tranquilidade no futuro, não só o seu, como também o de sua família

Agora que você já sabe como investir dinheiro, contrate hoje mesmo a sua Previdência Privada com bons rendimentos e se prepare para ter um futuro mais tranquilo e com maior qualidade de vida!

Publicado por Diana Dantas

Formada pela PUC-Rio, Diana Dantas passou por diferentes redações, como O Estado de S. Paulo, Agora SP (Grupo Folha) e Brasil Econômico (Grupo Ejesa). Nesse período, trabalhou nas editorias de Educação, Cidades, Cultura e Economia. Desde de 2017, escreve para Icatu sobre seguros e planejamento financeiro.

Deixe seu comentário

-->