De frente com o gestor: Conheça a Icatu Vanguarda - Blog Icatu Seguros

De frente com o gestor: Conheça a Icatu Vanguarda

Por blogicatu

Qual a melhor estratégia de investimento para a previdência? Bruno Horovitz, da Icatu Vanguarda, fala da expertise da gestora nesse ramo de atuação.

Uma gestora com DNA de previdência

A cada edição da nossa News, trazemos um gestor parceiro da Icatu para ajudar você a tomar as decisões em relação à sua previdência. Nessa segunda rodada, o especialista é Bruno Horovitz, RI e sócio da Icatu Vanguarda, empresa do Grupo Icatu, sediada no Rio de Janeiro. Com aproximadamente R$ 33 bilhões administrados, a gestora possui a mais alta classificação de crédito pela agência Moody’s, o rating MQ1, que atesta a excelência de sua gestão desde 2017.

A Icatu Vanguarda nasceu para gerir os recursos de uma seguradora, a Icatu Seguros, e essa missão trouxe uma capacitação pioneira no mercado. “Gerir reservas dessa natureza é uma das missões mais desafiantes em termos de investimento, pois, pressupõe, no mínimo, cumprir no futuro os compromissos assumidos pela empresa com seus clientes”, disse Bruno. Segundo ele, o grande diferencial da Icatu Vanguarda é essa enorme experiência com a demanda dos clientes de seguros e previdência, que exige uma estratégia específica num horizonte de médio e longo prazos, prevendo o casamento entre ativos e passivos.

Estratégias diferentes para objetivos distintos

Ao fazer um plano de previdência, cada cliente tem um objetivo diferente. “Não dá para usar uma só estratégia de investimento para todos. Não acreditamos no modelo ‘one size fits all’ (tamanho único). Cada indivíduo tem que ter seu portfólio diversificado, de acordo com as suas necessidades de curto, médio ou longo prazo”, explica Bruno. Para isso, a Icatu Vanguarda oferece um portfólio completo de estratégias de investimento: inflação, crédito, dividendos, IBX ativo, data-alvo, multimercado macro, multiestratégia, long biased, prefixados, mercado externo, entre outras.

Em renda fixa, a Icatu Vanguarda opera fundos com risco de crédito e/ou risco de mercado. Com uma estratégia quase única no Brasil, a Icatu Vanguarda lançou em 2014 o primeiro fundo total return (retorno absoluto) de renda fixa, cujo objetivo é atingir um retorno real substancial através dos mais diferentes ativos de renda fixa.

A relevância dos fundos de dividendos para a previdência

Em renda variável, a Icatu Vanguarda utiliza três estratégias, sendo a de dividendos a mais relevante e tradicional da casa. Com cerca de R$ 3 bilhões em fundos de dividendos, a Icatu Vanguarda é a maior gestora independente do brasil nesse nicho.

Diferentemente de boa parte das gestoras que se especializaram em fundo de valor, que é a principal subclasse de bolsa no Brasil, a Icatu Vanguarda se especializou em dividendos, que possuem uma previsibilidade, uma estabilidade de resultados maior do que a média da indústria. “Os dividendos conversam muito bem com a alocação de médio e longo prazos”, afirma Bruno, que integra a equipe da gestora desde 2010.

IBX e Long Biased

Outra estratégia utilizada é atingir resultados acima do IBX, com baixo descolamento (tracking error) em relação ao índice IBX. E, por último, em 2019, a empresa criou a estratégia long biased, com dois grandes diferenciais para o mercado brasileiro. Um deles é utilizar amplamente a estratégia dividendos na parcela “long“ (comprada) do portfólio, ou seja, primeiro fundo long biased do Brasil com viés dividendos na parcela comprada. Além disso, é o primeiro fundo do país a cobrar taxa de performance em janelas de cinco anos, alinhando integralmente os objetivos de longo prazo do cliente, do produto e da retenção da equipe.

A Icatu Vanguarda faz também a gestão de portfólios ajustados ao perfil de risco, pela qual aloca recursos em diferentes estratégias e gestores, objetivando maximizar o retorno para um determinado nível de risco. Outra estratégia é a gestão de fundos multimercado macro com volatilidade baixa, cujo foco é a geração de alfa com máxima preocupação com preservação de capital. “E, ainda neste ano, entraremos no segmento de estratégias ilíquidas”, adianta Bruno.

Minha Aposentadoria

Na parcela multiestratégia, a menina dos olhos da Icatu Vanguarda são os fundos data-alvo, ou Minha Aposentadoria, lançados de forma pioneira no Brasil pela gestora, em 2006. O produto projeta a alocação ideal para o prazo desejado (10, 20, 30 anos…) e faz o ajuste da carteira de investimentos automaticamente. Simulando as fases de vida da pessoa, o fundo começa com um portfólio arrojado e vai se tornando conservador ao longo do tempo. Isso porque, no início do investimento, como a data-alvo (a aposentadoria) está longe, é possível arriscar mais em busca de maior retorno. À medida que os anos avançam, o fundo vai se tornando moderado, diminuindo gradualmente a exposição ao risco. Quando a data de aposentadoria está perto, o fundo torna-se conservador, de forma a preservar o capital acumulado. “É uma estratégia excepcional para o longo prazo, porque evita que as pessoas tomem decisões equivocadas levadas pelo emocional em reação ao sobe e desce da bolsa. Cerca de ¼ dos recursos de previdência norte-americanos estão alocados em produtos desse tipo”, conta Bruno.

História da Icatu Vanguarda

Bruno falou também sobre a trajetória da empresa e sua tradição de mais de 30 anos na gestão de recursos. Em 1989, a família Almeida Braga criou o Banco Icatu, para ser o braço financeiro do Grupo Icatu. A instituição torna-se rapidamente um dos maiores bancos de investimento do Brasil. Com a evolução da legislação do mercado, em 1998, o grupo cria a Icatu Investimentos, primeira gestora independente do Brasil, que encerra seu primeiro ano com mais de R$ 3 bilhões sob gestão. Entre 2002 e 2003, a Icatu Investimentos junta-se ao Banco BBA, formando a Icatu BBA Investimentos, que depois é vendida para o Itaú. Em 2010, o Grupo Icatu monta uma nova gestora, agora com o nome Icatu Vanguarda.

Empresa de gestão de recursos independente, a Icatu Vanguarda surge com a missão não só de gerir os recursos da própria seguradora como também, e principalmente, de oferecer a terceiros a expertise do grupo na gestão de recursos.

Ao fim de 2010, a empresa atinge a marca dos R$ 5 bilhões sob gestão. Desde então, a Icatu Vanguarda vem captando cada vez mais recursos e se consolidando no mercado financeiro como uma gestora especializada e com amplo leque de opções para seus clientes. A sólida e estável performance dos seus fundos renderam diversas premiações de entidades especializadas.  Hoje a Icatu Vanguarda possui uma equipe de mais de 50 especialistas, com longo tempo na casa, que atuam com a experiência de sucesso de 32 anos do Grupo Icatu na gestão de recursos.

Ambiente de juros baixos

Encerrando o encontro, Bruno comentou sobre as apostas da gestora em termos de investimento para previdência. Segundo ele, a Icatu Vanguarda acredita que o ambiente de juros baixos favorecerá bastante portfólios que gerem renda e riqueza, como os fundos de crédito privados – nos quais a empresa gere quase R$ 8 bilhões – e os fundos dividendos – onde a gestora é uma das maiores especialistas no Brasil, tendo mais de 15 anos de tradição nessa estratégia. “Achamos que na nova realidade brasileira de juros mais baixos, automaticamente as pessoas precisarão assumir riscos para buscar retornos satisfatórios”, disse. Nesse ambiente, uma forma de aumentar o potencial de retorno sem aumentar tanto o nível de risco é através dessas duas estratégias: dividendos e crédito privado.

Quer saber mais sobre a Icatu Vanguarda? Clique aqui!

Gostou de aprender sobre quem investe o seu dinheiro? Que tal conferir mais entrevistas com as nossas gestoras:

Publicado por blogicatu

Deixe seu comentário