A vida começa aos 40: descubra as vantagens da previdência privada!

Por Diana Dantas

Durante a jornada da vida, o ser humano passa por diversas etapas. Na infância, aprendemos coisas básicas para a sobrevivência, como falar, comer e andar. Na juventude, que contempla também a adolescência, vamos um pouco mais a frente, nos especializando e aprendendo, iniciando nossa formação.

Quando a maturidade chega, colocamos em prática tudo que aprendemos na juventude. É nesta etapa que devemos começar a planejar a velhice e a senioridade, principalmente em relação a questões financeiras.

Além disso, esse período é o mais longo da vida atualmente, já que a expectativa de vida vem crescendo cada vez mais. Nesse sentido, será mesmo que a vida começa aos 40 anos?

No artigo abaixo, selecionamos as atitudes que devem ser levadas em conta para as pessoas que estão chegando ou tem mais de 40 anos. Assim, se a vida começa aos 40, precisamos estar prontos. Acompanhe!

Se a vida começa aos 40, esteja preparado(a)!

A partir dos 40, começamos a definir os resultados de todo o esforço que tivemos nos anos anteriores. Porém, para que possamos desfrutar do que vem pela frente da melhor maneira possível, precisamos pensar na nossa tranquilidade financeira,  não é mesmo?

Segundo o IBGE, a quantidade de idosos no Brasil em 2010, ou seja, indivíduos acima de 60 anos, foi de 10,2% da população total. Já em 2050, a expectativa é de 29,7%, e eles deixarão de ser minoria no país. Esse grupo ganha espaço na internet, nos concursos e no mercado de trabalho.

Levando em conta tais fatos, é possível comprovar  que a velhice não será mais tão curta. Dessa forma, é necessário se precaver para que o indivíduo não fique sem suporte durante a maior parte de sua vida – e a que mais necessitamos de um descanso para colhermos os frutos do passado.

Nesta idade, trabalhar não deve ser uma obrigação para sobrevivência. Esta deve ser uma etapa de descobertas, de reconhecimento e não de buscar o sustento a qualquer custo.

Esta deve ser uma etapa da vida em que devemos dedicar mais tempo para aproveitar o que a vida tem para oferecer. Dessa forma, o trabalho precisa ser algo prazeroso, como uma escolha, e não uma obrigação para o sustento.

A aposentadoria, então, é uma das maiores preocupações que as pessoas que atingiram os 40 anos, ou que ainda vão atingir, devem ter. É essa quantia que proporcionará maior tranquilidade para o futuro, no período em que grande parte das pessoas estão diminuindo o tempo de trabalho ou pararam de trabalhar.

Além da aposentadoria, que muitas vezes não garante total conforto e, muito menos, um bom padrão de vida, a previdência privada é um grande investimento para quem acredita que a vida começa aos 40. As vantagens da previdência privada são inúmeras e abordaremos ela mais a frente.

Por isso, para manter na velhice e na senioridade os padrões de vida que foram alcançados com tanto esforço durante a juventude, é importante pensar em um plano de previdência privada que complemente a previdência pública e sua renda. Se a vida começa aos 40, faça tudo para envelhecer bem!

Vantagens da previdência privada

 A vida começa aos 40, por isso, está na hora de saber sobre as vantagens da previdência privada e cuidar do seu bem-estar e o de sua família.

Se a vida começa aos 40, o ideal é que você esteja preparado e a previdência privada pode ajudar com isso. A previdência possui diversos planos e o contratante pode escolher o valor da contribuição que deseja fazer e a periodicidade que irá contribuir. O valor que receberá quando começar a usufruir da previdência será proporcional ao investido.

Uma das vantagens da  previdência privada é que, caso o contratante desista do plano, ele pode resgatar o dinheiro já investido. Além disso, é possível optar por tipos diferentes de cobranças de impostos, que mudam a forma como o cliente vai receber o dinheiro no final.

As principais vantagens da previdência privada, então, são:

  • Desconto no imposto de renda;
  • Investimento de longo prazo;
  • Não entra em inventário;
  • Os planos não tem “come-cotas”.

Como escolher o meu plano de previdência privada?

Se a vida começa aos 40, está na hora, então, de você compreender melhor sobre quais planos da previdência privada mais se encaixam no seu perfil. Os planos da previdência seguem dois tipos de tabela: a regressiva e a progressiva.

A tabela regressiva permite o resgate do dinheiro investido de uma só vez, numa quantia toda. A tabela progressiva oferece o recebimento da quantia investida em parcelas, ou seja, como uma mensalidade, o que pode ser mais vantajoso para quem deseja um maior conforto por um período mais longo da vida.

Existem diferentes tipos de previdência privada. Um deles é o Plano Gerador de Benefício Livre (PGBL), mais indicado a pessoas com alta renda, porque o valor investido, se equivaler a 12% ou mais de sua renda bruta anual, pode ser descontado do Imposto de Renda. No momento do saque, o imposto pago é referente ao total que havia no fundo.

Outro tipo de plano é o Vida Gerador de Benefício Livre (VGBL). O valor investido neste tipo de fundo não pode ser descontado do Imposto de Renda, mas, ao sacar o dinheiro, o contratante paga o imposto apenas em cima do rendimento do fundo e não da totalidade. Dessa forma, o VGBL é mais indicado a pessoas com menores rendas.

Existem diversas opções para garantir que dos 40 em diante, o conforto, a tranquilidade e a vontade de conhecer coisas novas prevaleçam. Muitos se enganam ao acreditar que quanto mais velho ficamos, menos podemos viver, pois a vida começa aos 40 sim!

Dessa idade em diante, é o momento ideal para termos o merecido tempo para nós mesmos. Esse tempo deve existir ao longo de toda a vida, mas, atualmente, a correria do dia a dia não permite que possamos tê-lo da melhor maneira possível. Sendo assim é muito importante se planejar agora para receber no futuro o que foi plantado no passado.

Se ainda não tiver um plano de previdência privada  e quiser conversar com nossos especialistas no assunto, sem compromisso, basta clicar aqui. Nós vamos adorar ajudar a você começar a preparar o seu futuro, afinal, a vida começa aos 40!

Publicado por Diana Dantas

Formada pela PUC-Rio, Diana Dantas passou por diferentes redações, como O Estado de S. Paulo, Agora SP (Grupo Folha) e Brasil Econômico (Grupo Ejesa). Nesse período, trabalhou nas editorias de Educação, Cidades, Cultura e Economia. Desde de 2017, escreve para Icatu sobre seguros e planejamento financeiro.

Deixe seu comentário