Avós e netos: tenha uma relação de afeto e diversão!

Por André Iunes

“Avós são pais duas vezes”. É o que diz o ditado popular que busca destacar a importância dessa figura para o crescimento e formação de um indivíduo, capaz de proporcionar inúmeros benefícios à criança de forma mais leve e tranquila.

O contato constante tem efeito muito positivo na vida das crianças devido ao amor, apoio e ensinamentos que podem ser transmitidos para os pequenos da família. 

Mas você sabia que cuidar dos netos também tem efeitos positivos na saúde dos avós? O estudo Berlin Aging Study (BASE) mostrou que avós que cuidam dos netos possuem 37% menos risco de morte do que adultos da mesma idade que não cuidam de alguém. 

Uma pesquisa de 2016 feita pela Universidade de Boston, que analisou famílias entre 1985 e 2004, mostrou que a proximidade emocional entre avós e netos ajuda na prevenção de possíveis problemas, como a depressão.   

 Então pensando nisso, separamos algumas dicas de programas que os avós e os netos podem fazer juntos e aproveitarem esse tempo em família! 

A importância da relação entre avós e netos

A participação dos avós no dia a dia pode ocorrer de diferentes maneiras, se adequando às condições particulares de cada família. Alguns estão presentes quase todos os dias, buscando as crianças na escola ou aproveitando o tempo de trabalho dos pais para aproveitar a relação entre avós e netos.

Em outras famílias, esse convívio ocorre de maneira bem menos frequente, tornando os encontros mais intensos para compensar a saudade.

Especialistas afirmam que a presença dos avós é fundamental para a criança, pois é uma referência importante e traz uma relação de ascendência ao indivíduo, devido aos ensinamentos e habilidades socioemocionais desenvolvidos ao longo do tempo, servindo como um lugar de acolhimento para estes.

O efeito da relação entre avós e netos para a saúde

Além de fortalecer os laços familiares e o desenvolvimento pessoal, a relação entre avós e netos pode fazer bem até mesmo para a saúde. Brincadeiras, conversas e ensinamentos funcionam como uma terapia para avós e netos, contribuindo com o bem-estar e disposição de ambos.

Confira agora os efeitos positivos que essa relação pode trazer, tanto para os avós quanto para os netos.

Suporte emocional

A terceira idade pode ser uma fase complicada, pois o avançar da idade é um fator que pode influenciar negativamente na condição emocional. Além disso, o isolamento social também se faz presente na vida de muitos idosos, podendo causar problemas como depressão.

Nesse contexto, um vínculo entre avós e netos funciona como um potente antidepressivo, pois essa presença constante traz uma sensação de contribuição, afastando o sentimento de invalidez, sempre tão presentes em casos de depressão.

Além disso, a convivência com quem você ama traz alegrias para o cotidiano, levando emoções positivas reconhecidas pelo nosso cérebro. 

Para as crianças,a relação com os avós também é importante para o desenvolvimento da personalidade, devido ao amparo emocional proporcionado pela família.

Esse ambiente é essencial para criar um ambiente acolhedor, desenvolvendo sua confiança e autonomia.

Saúde física e mental

Com a necessidade de fazer exercícios físicos para manter a saúde em dia, a presença de crianças pode ser um grande incentivo aos idosos.

Brincadeiras como pular corda, jogar bola ou brincadeiras de lógica são ótimas para avós e netos, pois estimulam a saúde física e mental de ambas as partes.

Brincadeiras de raciocínio contribuem com o desenvolvimento cognitivo, contribuindo com a memória e exercícios de lógica, que precisam ser fortemente estimulados ao longo de toda a vida.
Os exercícios físicos podem contribuir com a circulação e mobilidade para os idosos, além de contribuírem para o desenvolvimento das crianças durante toda a fase de desenvolvimento.

Como aproveitar a relação entre avós e netos?

Confira algumas dicas de atividades que podem contribuir com a diversão em paralelo ao desenvolvimento das crianças. 

1. Façam um intercâmbio de jogos

Os avós podem ensinar jogos da época deles para os netos e os netos ensinarem algum jogo novo para eles. Durante a quarentena imposta pela pandemia da Covid-19, muita gente redescobriu os quebra-cabeças. 

Segundo a Academia Brasileira de Neurologia, esse jogo reforça as conexões existentes do cérebro e incentiva a formação de novas ligações, ajudando a melhorar a atividade e a agilidade mental. 

Ele estimula tanto o lado esquerdo do cérebro, com a lógica e racionalidade, quanto o lado direito, com a criatividade e a visão artística da obra. Ou seja, benefícios para todas as idades!  

2. Dê um play em uma nova série ou relembrem filmes antigos 

A importância de filmes e séries não está apenas no entretenimento, mas também está no desenvolvimento do cérebro e até mesmo social. Conteúdos audiovisuais estimulam a criatividade e o desenvolvimento lógico, além de contribuírem para noções culturais da sociedade.

Talvez os avós não conheçam a Netflix, Amazon ou outras plataformas de streaming para assistirem filmes e séries. Que tal aproveitar essa oportunidade para começarem a assistir uma série juntos? Ou então procurarem algum filme mais antigo que os avós amavam e possam matar a saudade? Basta vocês decidirem o que for melhor e dar o play.  

3. Ensine algo novo 

Ensinar os avós a mexerem no computador ou no celular pode ser uma diversão pra ambos, além de os ajudarem a se comunicar com o restante da família. E que tal os avós ensinarem algum prato para cozinhar, por exemplo? Esse é o momento de troca e de experimentar coisas novas! 

Além disso, devido ao respeito que a experiência impõe, o exemplo dos avós é fundamental para a educação financeira infantil, que deve ser estimulada desde cedo, e enxergam exemplos nas suas referências.

4. Faça troca de livros 

Troca de livros é algo muito bem-vindo, não é mesmo? Quem sabe os avós não podem dar dicas de leituras que eles faziam e compartilhar com seus netos? Ou então, ler livros para os netos pequenos pode ser uma ótima oportunidade de aproximar ainda mais a relação! 

5. Conversem e compartilhem histórias 

Com certeza os avós têm muito para ensinar e compartilhar as histórias que viveram. Aqui a conversa é liberada. Pode falar de como os avós se conheceram, ou relembrar as viagens que foram feitas, histórias com os amigos e familiares, falar do trabalho e até aprendizados sobre educação, inclusive a financeira. 

Aprender desde cedo a importância do planejamento financeiro é como um legado que as crianças poderão colher no futuro, se tornando adultos mais preparados para lidarem com dinheiro. Temos algumas dicas para esse momento nesse artigo.  

Agora é só colocar essas dicas em prática e aproveitar esse tempo juntinhos. Abrace muito seus avós sempre e quando puder!  

Leia também: 

Publicado por André Iunes

André Philippe Iunes é jornalista, especializado em marketing de conteúdo e digital, com mais de 20 anos de experiência. Já atuou em importantes veículos, como os jornais O Globo e Extra, além do portal Globo Cidadania, onde produziu conteúdo para os sites Globo Ciência, Globo Ecologia e Globo Universidade. Trabalhou como diretor de redação da revista Webdesign e editor executivo da revista Áudio, Música & Tecnologia, com várias coberturas internacionais. No mundo corporativo, desenvolve projetos para grandes empresas envolvendo estratégia de conteúdo digital.

Deixe seu comentário