Como investir dinheiro? Saiba aqui por onde começar! | Icatu

Como investir dinheiro? Saiba aqui por onde começar!

Como investir dinheiro? Saiba aqui por onde começar!

Por camilacarnevalerodrigues

Cada vez mais vemos pessoas interessadas sobre onde e como investir dinheiro de maneira segura e rentável. Mas, para investir, é importante buscar informações e se atualizar — e por ter chegado neste conteúdo, você já está no caminho certo rumo à sua educação financeira.

Para encontrar investimentos rentáveis e que condizem com a sua realidade, você deve começar conhecendo o seu perfil de investidor para entender como ele se enquadra no que o mercado tem a oferecer.

Aqui, vamos te contar tudo o que você precisa saber sobre o assunto. Acompanhe!

Conheça o seu perfil de investidor

Antes de falar sobre os investimentos, é muito importante entender os riscos, sua realidade financeira e seus objetivos. Com uma noção bem estabelecida desses três pontos, podemos definir qual o seu perfil de investidor.

Se você nunca fez essa avaliação, é possível fazer um teste online. As plataformas financeiras também podem fazer essa análise por você antes de iniciar a sua aplicação. Inclusive, a Icatu também oferece esse serviço.

Esse processo para identificar o seu perfil de investidor envolve uma série de perguntas para entender o seu comportamento em relação ao dinheiro e aos investimentos. As financeiras também podem pedir algumas informações, como seus dados pessoais, sobre sua renda e patrimônio.

A ideia é entender em qual dos tipos de investidores você se encaixa: conservador, moderado ou agressivo.

Investidor conservador

O investidor conservador é aquele que prioriza a segurança e a tranquilidade, embora reconheça que a rentabilidade poderá ser abaixo de outras opções.

Esse perfil busca dicas de segurança financeira, pois o objetivo maior é a estabilidade.

Investidor moderado

O investidor moderado possui maior tolerância para riscos, mas sem comprometer muito sua segurança financeira. Para manter esse equilíbrio, esse perfil de investidor costuma ter uma carteira mais diversificada, aplicando a maior parte do seu patrimônio na renda fixa e o restante em renda variável de menor volatilidade.

Esse perfil é, geralmente, associado a pessoas que têm mais conhecimento do mercado financeiro. Buscam uma rentabilidade mais elevada, mas sem expor demais suas finanças.

Investidor agressivo

É o investidor que prioriza a rentabilidade e não se preocupa tanto com os riscos. Conhecedor do mercado de investimentos, esse perfil possui mais tempo para se dedicar a estudá-lo e sabe que, apesar de possíveis perdas diárias, o médio e longo prazo podem ter retornos financeiros maiores.

Esse perfil, em geral, possui a maior parte de sua carteira em rendas variáveis, mas não significa que invista todo o seu dinheiro nessa modalidade.

Onde investir o seu dinheiro?

Vamos começar entendendo como investir dinheiro da forma correta. Existem alguns termos de investimentos muito importantes que você deve saber antes de fazer suas aplicações.

  • Liquidez: corresponde à facilidade e velocidade com as quais um ativo (bens ou investimentos) pode ser convertido em dinheiro novamente. A partir disso, é possível compreender que, quanto mais rápida for a conversão do ativo em dinheiro, mais líquido ele será. Um ativo com pouca liquidez, portanto, é aquele mais difícil de ser resgatado.
  • Rentabilidade: significa quanto o seu dinheiro vai render na aplicação escolhida. Antes de aplicar seu dinheiro, você deve pesquisar qual é a rentabilidade média que o investimento oferece em determinado período de tempo. Quanto mais tempo seu dinheiro permanecer aplicado, maior será a rentabilidade. No entanto, é importante ter em mente que rentabilidade passada não é garantia de rentabilidade futura. A ideia é apenas ter um panorama sobre o histórico do investimento.
  • Incidência de Imposto de Renda: alguns investimentos oferecem rentabilidade total, ou seja, você pode sacar toda a lucratividade e não precisa repassar nada para o Imposto de Renda. Outros investimentos têm uma taxa destinada à Receita Federal, que é cobrada sobre o lucro da aplicação.

Depois de entender tudo isso, você já pode começar a pensar em como investir na opção que mais se adequa à sua realidade — e, inclusive, começar com pouco dinheiro.

Qual investimento é melhor?

Antes de escolher a melhor opção de investimento para você, é importante entender que existem ativos de Renda Fixa e de Renda Variável. Entenda melhor os dois conceitos a seguir.

  • Renda Fixa: são os investimentos que revelam o quanto você vai lucrar no momento em que faz a aplicação, desde que mantenha o título até o seu vencimento. Aqui podem existir menos riscos de perder dinheiro, porém, a rentabilidade pode ser mais baixa, ou seja, seu dinheiro tem que ficar retido durante um tempo para alcançar a lucratividade prevista.
  • Renda Variável: são as aplicações nas quais a rentabilidade oscila, ou seja, ao contrário da renda fixa, aqui você não sabe quanto vai lucrar. Por isso, você pode ter uma alta lucratividade, mas também está sujeito a perdas consideráveis.

Você pode começar um investimento com pouco dinheiro tanto na Renda Fixa quanto na Renda Variável, que oferecem vantagens e desvantagens. A melhor opção, nesse caso, varia de acordo com seu objetivo e perfil de investidor. Conheça algumas opções e comece a pensar no seu futuro.

Investimentos mais populares de Renda Fixa

  • Tesouro Direto: é um programa do Governo Federal, por meio do Tesouro Nacional, e é uma boa opção para quem quer investir no longo prazo e não quer correr muitos riscos, pois, além de ser considerado seguro, permite o investimento de valores baixos.
  • CDB: é a sigla para Certificado de Depósito Bancário. Aqui, você “empresta” seu dinheiro a uma instituição financeira, que devolve o valor depois de certo período com a aplicação de juros.
  • Letras de Crédito: LCI (Letras de Crédito Imobiliário) e LCA (Letras de Crédito de Agronegócio). Aqui, sua lucratividade virá do desenvolvimento dos setores imobiliário e do agronegócio, por meio da aplicação do seu dinheiro no banco.
  • Debêntures: aqui, você “empresta” dinheiro para uma empresa que necessita de investimento para crescer, que devolve o valor com juros.
  • Poupança: é a aplicação que costuma oferecer a lucratividade mais baixa do mercado, porque geralmente a inflação é mais alta do que seu rendimento ao ano.

Investimentos mais populares de Renda Variável

  • Ações: investir dinheiro em ações é comprar o percentual de uma empresa. A rentabilidade do seu dinheiro acompanha a valorização da organização, que pode subir ou descer, dependendo dos seus resultados no mercado.
  • Fundos de Investimento: os fundos tradicionais são uma espécie de “condomínio” de investidores. Eles reúnem os recursos dos participantes e aplicam o capital em ativos financeiros. Os ganhos gerados pelas aplicações são divididos entre os membros proporcionalmente ao valor disponibilizado por cada um.
  • Fundos Imobiliários: é a aplicação do seu dinheiro diretamente nas empresas do setor imobiliário, e os rendimentos virão do desenvolvimento das organizações.
  • Fundos Cambiais: é a opção em que você aplica o seu dinheiro na variação de moedas estrangeiras, como dólar e euro.

Dicas importantes

  • Como investir dinheiro com segurança é fundamental, a recomendação é que você comece pelos investimentos de Renda Fixa, com o objetivo de acumular capital. Depois, você vai abrindo sua carteira para os investimentos de Renda Variável. O investidor experiente transita entre os dois grupos, geralmente contando com o alicerce que a Renda Fixa oferece.
  • Você pode até deixar todo seu investimento na Renda Fixa, mas não é recomendado deixá-lo totalmente na Renda Variável, por causa da volatilidade desse tipo de investimento.

Posso investir com pouco dinheiro?

Tanto as aplicações de Renda Fixa quanto as de Renda Variável oferecem opções para quem quer começar um investimento com pouco dinheiro. 

Reconhecer a diferença entre o preço e o valor de um item é a base da educação financeira pessoal, imprescindível para quem quer saber como investir dinheiro e ter lucro.

Se você pensar que o amanhã depende das suas ações de hoje, vai entender que qualquer valor é importante para que você possa construir a sua prosperidade financeira. 

Planejar é prever, e tudo começa com um bom plano de orçamento para longo prazo. Quanto antes você puder acumular dinheiro, mais seguro será o seu futuro. Conheça a seguir um investimento flexível e de boa.

Previdência Privada: uma opção flexível

Engana-se quem pensa que a Previdência Privada é destinada somente para quem deseja se aposentar. Trata-se de um dos investimentos rentáveis mais flexíveis do mercado. Afinal, nela você pode investir tanto em Renda Fixa quanto em Variável, de acordo com o seu perfil.

De forma simples, a Previdência é um investimento que permite a realização de projetos a médio e longo prazo. Por exemplo: se você tem filhos e está planejando pagar a faculdade deles no futuro. Ou se você tem planos de fazer uma viagem e permanecer viajando durante anos. São muitas as possibilidades que a Previdência Privada oferece.

E as vantagens desse investimento fazem diferença: você pode modificar o valor que está sendo aplicado, fazer contribuições extras ou até mesmo suspendê-las pelo tempo que quiser. 

Você ainda pode resgatar o valor acumulado a qualquer momento após o período de carência.

Veja o que a Icatu pode fazer por você

A Icatu oferece opções a todos os tipos de investidores que buscam uma vida mais segura e tranquila. O futuro de mais de 6,5 milhões de clientes está nas mãos da Icatu, a maior seguradora independente do Brasil.

Além dos investimentos em Previdência Privada, outros serviços fazem parte das soluções oferecidas por esse grupo que se destaca no mercado, como Título de CapitalizaçãoSeguro de Vida.

Comece já a planejar seu futuro! Acesse nosso site e use nosso simulador de previdência privada para escolher o melhor plano para você.




Publicado por camilacarnevalerodrigues

Deixe seu comentário

-->