Qualidade de vida na terceira idade: confira 7 dicas!

Por Alessandra de Paula

Os avanços da tecnologia e da medicina estão permitindo que as pessoas vivam cada vez mais. Isso é um fato! 

De acordo com dados do IBGE divulgados em 2019, a expectativa de vida dos brasileiros aumentou para 76,3 anos, em 2018. Desde 1940, são 30,8 anos a mais do que se espera que a população viva. Porém, como viver mais e melhor? Esse é o grande desafio!  

Nesse artigo, vamos falar de qualidade de vida na terceira idade. Então, anote as dicas!  

O que é qualidade de vida? 

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), qualidade de vida é “a percepção do indivíduo de sua inserção na vida, no contexto da cultura e sistemas de valores nos quais ele vive e em relação aos seus objetivos, expectativas, padrões e preocupações”. Ou seja, em outras palavras, envolve o bem-estar físico, mental, emocional, espiritual, além dos relacionamentos sociais, como família e amigos.  

A qualidade de vida engloba, ainda, os bons hábitos adquiridos ao longo da vida. Por isso, quanto mais cedo começarmos a cuidar do corpo e da mente, a chance de ter qualidade de vida na terceira idade é maior.   

A importância da qualidade de vida na terceira idade

Ter qualidade de vida na terceira idade é essencial para poder aproveitar a família e a vida sem preocupações.

Como vimos acima, quanto mais cedo começamos a nos cuidar e planejar-nos, maior será a chance de termos qualidade de vida na terceira idade. A seguir, vamos aprender quem são os superidosos? Acompanhe!

Quem são os superidosos? 

A adoção de hábitos saudáveis está criando uma população de ‘superidosos’, que representa 10% das pessoas que atingem a chamada quarta idade (que é a partir dos 80 anos). E a tendência é esse número crescer, na medida em que aumenta o esclarecimento sobre a importância de nos cuidarmos para conseguirmos chegar com  qualidade de vida na terceira idade e nas idades seguintes.  

Segundo o IBGE, um quarto dos brasileiros será idoso em 2060. O número de pessoas que alcança os 80 anos de idade cresce exponencialmente. Os superidosos são aqueles capazes de apresentar desempenho igual, ou superior, a indivíduos na faixa de 50-60 anos ao realizar testes de memória, autoconhecimento e raciocínio lógico. Eles também não fazem uso de medicação continuada e não têm doenças crônicas próprias da idade.  

7 dicas para ter mais qualidade de vida na terceira idade 

Para chegar com qualidade de vida na terceira idade é necessário começar a se planejar e tomar os cuidados necessários desde já. Por isso, confira, abaixo, 7 dicas para conseguir chegar lá na frente saudável.

1.Não abandone as interações sociais

As interações sociais são fundamentais para ter mais qualidade de vida na terceira idade!

Muitas vezes, a velhice chega acompanhada do isolamento social. Os filhos cresceram, saíram de casa, e já não há mais obrigações com o trabalho, por exemplo. No entanto, para viver mais e melhor, vale apostar nas interações sociais. Passe mais tempo com a família, entre em contato com velhos amigos, ou faça novos, comece um curso, viaje, não fique parado. Enfim, tudo isso contribui para a qualidade de vida na terceira idade.  

2. Cuide do psicológico e da saúde mental 

Praticar atividade física também é um ponto essencial para ter mais qualidade de vida na terceira idade, mas não esqueça também de treinar o cérebro! Trabalhe a memória com jogos, palavras cruzadas… Tente aprender também algo novo, ou invista em algum hobby.  

Nunca é tarde para ampliar os conhecimentos e, atualmente, com o avanço das novas tecnologias, existem muitos cursos disponíveis e até mesmo gratuitos na internet.  

3. Priorize a segurança 

Na terceira idade, as quedas podem tornar-se mais frequentes. De acordo com a Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG), a maior parte dos casos acontece dentro de casa e os mais afetados costumam ser pessoas acima de 60 anos de idade. 

A dica é adaptar a casa, ou mesmo evitar objetos que venham a representar riscos. Isso ajuda a evitar os acidentes domésticos. Tapetes soltos e fios elétricos espalhados são um perigo em potencial. O banheiro, por ser um ambiente mais escorregadio, merece uma atenção especial – a instalação de barras de apoio nas paredes próximas ao vaso sanitário e ao chuveiro ajudam a evitar acidentes, por exemplo.  

4. Tenha uma alimentação saudável 

Ter uma alimentação saudável é muito importante para alcançar a qualidade de vida na terceira idade. Diminuir o consumo de sódio, açúcar e gorduras que não são boas para o organismo, é essencial para uma ter uma saúde em dia nessa fase. 

Da mesma forma, carne vermelha, alimentos industrializados, doce e farinhas podem ser substituídos por carnes magras e produtos integrais. Não esqueça de incluir frutas, legumes e verduras em sua alimentação.  

5. Não deixe o autocuidado de lado 

Não é porque a terceira idade chegou que não é mais preciso cuidar com carinho de si mesmo. O autocuidado é essencial para encarar bem o envelhecimento. Mude o que for preciso para garantir uma vida mais feliz e saudável. 

Algumas coisas, como adotar um bom hábito alimentar, praticar exercícios sob orientação, ou buscar os amigos, só dependem de você! 

6. Faça exercícios físicos  

Fuja do sedentarismo, pois ele pode contribuir para aumentar o risco de doenças crônicas, e ainda afeta a mobilidade. Pratique exercícios físicos, como caminhada, hidroginástica e musculação, mas sempre com orientação médica. E, de quebra, participar de exercícios em grupo é uma ótima maneira de socializar e fazer amigos. 

7. Tenha momentos de lazer e bem-estar 

Para ter qualidade de vida na terceira idade é fundamental não abrir mão dos momentos de lazer. Existem muitas opções para distrair a mente, como, por exemplo, participar de grupos de leitura, fazer aula de dança, jogar palavras cruzadas, ou outros jogos. 

Há quem opte também por fazer cursos, ou viajar para conhecer novos lugares. O importante é encontrar uma atividade que traga bem-estar a você.  

Como planejar a aposentadoria 

Fazer um curso online ou ter um hobby são atividades que podem ajudá-lo a chegar com mais qualidade de vida na terceira idade.

Planejamento é importante em todas as fases da vida, e isso não é diferente na terceira idade. Estabelecendo objetivos claros, e tendo em mente que nesse momento da vida os custos com saúde e lazer podem ser mais elevados, é possível construir uma aposentadoria mais tranquila.  

Antes de iniciar o plano de previdência, fique atento às seguintes questões: a partir de quando será a aposentadoria e qual renda mensal você quer ter? Confira aqui dicas mais detalhadas sobre esse tema.  

Caso ainda tenha dúvidas sobre o assunto, uma dica é o curso online gratuito sobre como planejar a aposentadoria, oferecido pela Icatu Seguros em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV).  

A Previdência Privada pode te ajudar nessa fase da vida 

Além da aposentadoria, é possível obter ainda mais benefícios fazendo uma previdência privada. Ao contratar um plano, é necessário escolher entre PGBL e VGBL, voltados para os diferentes contribuintes do Imposto de Renda.   

O PGBL é destinado a quem declara pelo formulário completo. Já o segundo, é indicado para os isentos e aqueles que já alcançaram o máximo permitido de deduções em contribuições nos planos PGBL. Saiba como obter benefício fiscal com a previdência privada

Começar a investir na previdência privada o quanto antes é melhor, independente do sonho que você queira realizar. E se tiver alguma dúvida, entre em contato conosco para mais orientações.  

Gostou das dicas para ter mais qualidade de vida na terceira idade? Então, leia também os artigos que indicamos abaixo!

Leia também: 

Publicado por Alessandra de Paula

Alessandra de Paula tem mais de 15 anos de experiência em produção de conteúdo e pesquisa jornalística. Integrou a equipe de Comunicação do Ministério da Cultura, e trabalhou em grandes empresas do Rio de Janeiro, como O Globo, Extra, Jornal do Brasil, Jornal do Comercio, CDN, In Press e SRCOM, realizando diversas coberturas, incluindo Olimpíadas e Paralimpíadas Rio 2016, e Réveillon de Copacabana. Também produziu conteúdo para sites da Rede Globo.

Deixe seu comentário