Previdência privada: descubra suas principais vantagens!

Por blogicatu

Por muitos anos, a previdência oferecida pelo governo, a partir do INSS, foi a forma mais utilizada pelos brasileiros para ter uma qualidade de vida melhor conforme a idade fosse chegando.

Porém, usar apenas a Previdência Social pode não garantir o padrão de vida que você tem hoje e o que deseja para o futuro. Por isso, investir na Previdência Privada é uma boa opção, já que a partir dela, você receberá uma quantia proporcional ao valor que você investe.

Nesse artigo, selecionamos as principais informações a respeito da previdência privada para que você tire todas suas dúvidas sobre o tema. Acompanhe o conteúdo abaixo!

O que exatamente é a previdência privada?

A previdência privada nada mais é do que um tipo de investimento de longo prazo. Porém, esse investimento não precisa ser utilizado necessariamente para uma aposentadoria.

Ela pode ser usada tanto para o pagamento da faculdade dos filhos, quanto para uma viagem internacional com a família, por exemplo. Além disso, essa previdência também pode ser o caminho para conquistar a independência financeira.

Existem diversas vantagens em investir nesse tipo de previdência. Abaixo, você acompanha as principais delas. Além disso, acompanhe o nosso guia da previdência!

Benefícios fiscais

A primeira vantagem é que, em cima do dinheiro aplicado na previdência privada, incide uma tabela regressiva do IR. Isso significa que, quanto mais tempo você deixa o seu dinheiro aplicado nesse fundo, menos precisará pagar de imposto.

Veja como funciona a tabela regressiva do IR:

  • Até 6 meses, aplica-se 22,5%;
  • De 6 meses a 1 ano, aplica-se 20%;
  • De 1 a 2 anos, aplica-se 17,5%;
  • Acima de 2 anos, cai para 15%.

Além disso, se você escolher o tipo de previdência privada chamada VGBL, o IR incide apenas sobre os rendimentos e não sobre o montante. Esse rendimento é indicado para quem faz a declaração parcial do imposto de renda.

Porém, isso não significa que quem opta pelo PGBL e que faz a declaração completa do IR não tenha nenhuma vantagem. Nesse caso, até 12% do valor investido por ser deduzido.

Maior rentabilidade: previdência privada ou poupança?

Investir na previdência privada é um grande passo para que seu futuro seja mais tranquilo.

Muitos brasileiros ainda se perguntam qual investimento tem uma maior rentabilidade: previdência privada ou poupança. Mas, se compararmos a poupança com a previdência privada, você verá que na segunda os rendimentos são maiores. Portanto, vale mais a pena investir o seu dinheiro nessa forma de previdência.

A média de rendimento da poupança é de apenas 6,5% ao ano, já na previdência, esse valor pode variar de acordo com o fundo escolhido. Isso significa que há a possibilidade para ganhar mais.

Funciona como um complemento

Infelizmente, a previdência social não costuma pagar uma quantia de aposentadoria que realmente permite ao idoso ter maior qualidade de vida, e é justamente nessa idade que os gastos são maiores.

Os planos de saúde possuem valores elevados e a quantidade de medicações utilizadas são maiores. Além disso, pode ser necessário um cuidador ou uma empregada doméstica, por exemplo.

Por isso, a previdência privada é um dos melhores investimentos que você pode fazer para garantir um futuro melhor. Até porque a previdência social nem sempre acompanha a inflação, fazendo assim com que o seu dinheiro desvalorize.

Outro ponto a ser considerado é que existe um teto pago pela previdência social, ou seja, um valor máximo que hoje é de pouco mais que R$ 5.500. Assim, se você está acostumado a um determinado padrão de vida, ganhando mais que esse valor por mês, é provável que utilizar apenas a previdência social não seja a ideal para você.

Diversificação os investimentos

Já ouviu falar que nunca se deve colocar os ovos no mesmo cesto? Se uma fonte de renda sua cessar, você corre o risco de ficar sem ter como pagar as contas no final do mês. Por isso, quanto mais você diversifica os seus investimentos, melhor.

Optar pela previdência privada, dessa forma, pode garantir que você não terá problemas com a possibilidade de não ter mais renda.

Aumento da disciplina financeira

Você sempre tenta seguir um controle financeiro, fazer a sua reserva de emergência, guardar dinheiro para os seus planos, porém, nem sempre acontece como você espera, não é? Isso ocorre porque falta disciplina suficiente.

Não importa o valor, o mais importante é criar o hábito de guardar dinheiro todos os meses e a previdência privada é ótima para esse fim. No caso dela, você tem que realizar o pagamento todos os meses, funcionando como uma conta normal do orçamento.

Nesse caso, a previdência privada é perfeita também para os profissionais autônomos que, muitas vezes, assim como qualquer pessoa, se perdem nas contas e acabam gastando o dinheiro que deveria sobrar no final do mês.

Excelente para projetos de longo prazo

Como dissemos no início deste artigo, a previdência privada não serve apenas para a aposentadoria, mas para qualquer outro plano. Por exemplo, você está com um filho prestes a nascer ou ainda pequeno e quer que ele vá para a faculdade. Ainda que seja uma pública, ele pode precisar morar em outra cidade e os gastos são praticamente os mesmos.

Você pode começar a investir na previdência agora mesmo para que, no futuro, você tenha mais tranquilidade para garantir o melhor para você e sua família.

Gostou do nosso conteúdo sobre previdência privada? Leia também sobre como manter a previdência durante uma crise financeira.

Publicado por blogicatu

Deixe seu comentário